A Marinha do Brasil suspendeu as buscas pelo barco que desapareceu em alto-mar após sair de Itajaí com seis homens a bordo em outubro. A embarcação pesqueira “Manuela Simão” emitiu o último sinal de localização em 4 de novembro, na costa do Rio Grande do Sul. A decisão da Marinha foi comunicada nesta quinta-feira (7).

Inscreva-se e receba notícias pelo WhatsApp do Vale do Itajaí

À época, os trabalhadores deveriam voltar ao Litoral Norte catarinense no dia 11 do mesmo mês. Estavam na embarcação o armador e mestre Madson Orlando Simão e os tripulantes João Maricelo Matos Santana, Rafael Matos Santana, Elizandro Rodrigues Silveira, Arildo Honorato e Edmar Marcelino Ribeiro.

Como a embarcação não retornou, as buscas começaram. A Marinha chegou a pedir ajuda do Uruguai para procurar, mas como nenhum fato novo foi descoberto e um longo tempo já se passou, houve a decisão pela suspensão.

Em nota, o Comando do 5° Distrito Naval reforçou que as buscas foram suspensas e não encerradas e que a corporação pode retomar os trabalhos na área sempre que houver embarcações da Marinha na região ou “quando novos e fidedignos fatos e informações ocorrerem sobre os desaparecidos”.

Continua depois da publicidade

As informações são do g1.

Leia mais

Cervo exótico da Índia é flagrado em SC e encanta moradora: “Fiquei emocionada”

Destaques do NSC Total