nsc
hora_de_sc

Investigação

MC Kevin: depoimento de nova testemunha contradiz versões de amigos do funkeiro

Um novo relato põe em cheque as histórias contadas por MC VK e Jhonatas a respeito do acidente

02/08/2021 - 09h04

Compartilhe

Marina
Por Marina Martini Lopes
MC Kevin
MC Kevin não resistiu após cair do quinto andar de um hotel no Rio de Janeiro (RJ) no último dia 16 de maio
(Foto: )

Uma nova testemunha afirma ter presenciado o momento da morte de MC Kevin, que não resistiu após cair do quinto andar de um hotel no Rio de Janeiro (RJ) no último dia 16 de maio. Fernando Dimmy Jr, cantor português de 31 anos, contou, em entrevista ao programa Domingo Espetacular, da TV Record, que estava hospedado em um hotel em frente ao local onde MC Kevin estava com os amigos, e afirma ter presenciado a morte do funkeiro. Segundo ele, MC VK, amigo de Kevin, que estava presente no hotel, teria "induzido" o cantor a mudar de andar para escapar de um possível flagra da esposa, Deolane Bezerra.

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

- Eu confirmo que vi a queda do MC Kevin - afirmou Dimmy Jr. - Foi uma mera coincidência eu estar no hotel ao lado de MC Kevin, pois eu não sabia da presença dele naquela cidade. Eu estava exatamente na varanda com a minha irmã. Tava no sexto andar. Bem, eu estava à espera que a minha irmã subisse para o meu quarto porque ela também disse que queria me fazer companhia. E, depois de um tempo, ela estava na varanda e gritou: "Vem ver aqui atos sexuais à distância". Então, eu vi o que era para ver.

O músico português afirma que foi possível ver MC Kevin e a garota de programa Bianca Dominguez fazendo sexo na varanda; e que Jhonatas, amigo do funkeiro, estava no quarto - o que vai de encontro à versão do próprio Jhonatas, que declarou que estava em um quiosque do prédio no momento da queda de MC Kevin da varanda.

> Imagens de câmeras do hotel registram MC Kevin, Bianca e MC VK antes de acidente; assista

- Foi uns 10 minutos antes da queda, se não me engano - narrou Dimmy Jr. - Bem, é aí onde entra o Jhonatas. Ele entrou a querer se calhar, insistir, em querer participar do ato sexual. Porque ele entrou a primeira vez, o MC Kevin levantou a mão, como se estivesse a expulsar o Jhonatas do quarto. Da primeira vez, deu a entender isso. Que ele entrou no banheiro, eu não posso dizer que sim ou não, porque, aparentemente, ninguém foi ao banheiro. Na terceira vez que o Jhonatas voltou a entrar foi de uma maneira muito brusca e, com certeza, seria o momento em que disse a suposta frase "moiô, moiô, tio".

MC VK disse à polícia que estava saindo do banheiro no momento do acidente, mas Dimmy Jr. afirma que o funkeiro incentivou MC Kevin a se pendurar na sacada, devido à suspeita de que Deolane Bezerra estivesse no prédio.

- Na forma que o Jhonatas entrou, foi se movimentando muito, como se fosse um louco e como se quisesse assustar os que estavam lá no quarto - contou o músico português. - E o MC VK levantou da cama e movimentou os braços de uma forma assustadora que deu, aí sim, exatamente, a entender que o VK estava a incentivar ou assustar o Kevin a ir a algum lado. Tenho certeza do que eu estou falando. Deu a entender que o MC VK estava a incentivar o Kevin, que era para se pendurar naquele local. Que o Kevin largou a mão direita e ficou somente apoiado com a mão esquerda. E ali deu claramente a ouvir o que estava a dizer. Ele estava a pedir que o VK ajudasse ele.

> Viúva de MC Kevin recebe carta póstuma deixada pelo funkeiro; fãs questionam veracidade

- Sim, eu entendi, porque ele gritou mesmo, deu para ouvir de onde eu estava - ele prosseguiu. - Ele disse "me ajuda, me ajuda!". Então, mesmo assim, o VK parece que estava a incentivar ele para ir para o andar de baixo ou largar. Depois de ter gritado e não ter conseguido ficar apoiado no parapeito da varanda, ele já quando estava a cair, ele [VK] antes deu um chute, como se fosse um chute no parapeito. Ele [Kevin] foi se distanciando um pouco do edifício. Foi aí quando eu dei conta daquilo que estava para acontecer, que ele estava realmente a cair, que ninguém estava a ajudar.

Fernando Dimmy Jr. fez o mesmo relato a Danilo Garcia de Andrade, advogado de Bianca Dominguez, que afirmou que o cantor português "parece uma pessoa idônea, do ponto de vista de suas alegações. Elas são calmas. Merece atenção do ponto de vista de quem estava observando de fora do quarto". O advogado destacou, porém, que Dimmy Jr. precisa enviar documentos, como passaportes e passagens aéreas, que comprovem que ele de fato estava onde afirma que estava na noite do acidente.

O Ministério Público ainda não determinou o arquivamento do caso a respeito da morte de MC Kevin.

Leia também:

> Usuários do Twitter postam "nudes" em despedida da ferramenta Fleets

> Bob Odenkirk está em situação estável depois de desmaiar nas gravações de Better Call Saul

> Dusty Hill, baixista do ZZ Top, morre aos 72 anos

Colunistas