Quatro membros com sobrenome Hinduja, família mais rica da Grã-Bretanha, no Reino Unido, estão sendo acusados de tráfico humano. Prakash e Kamal Hinduja, seu filho Ajay e sua esposa, Namrata são investigados por trazerem homens e mulheres da Índia para trabalharem como empregados domésticos na mansão da família, em Genebra. As informações são do La Nacion e foram divulgada pelo jornal O Globo.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A família é acusada de pagar apenas 8 dólares aos funcionários (cerca de R$ 43) por dia para executarem 18 horas de trabalho. Além disso, a investigação aponta que os Hinduja retiraram os passaportes dos empregados. Eles são investigados há seis anos e, conforme o promotor do caso, há indícios que a família gastava mais com animais de estimação do que com funcionários – documentos mostram que eles investiam mais de 10 mil dólares anualmente com alimentação e cuidados com cães.

Veja quem são os 10 maiores influenciadores digitais do Brasil, segundo a Forbes

Nascidos na Índia, os Hindujas são donos de um patrimônio avaliado em R$ 256 bilhões. Eles são donos de uma rede de empresas que vai desde construtoras, a distribuidores de mercadorias e fabricantes de veículos e itens para carros.

Continua depois da publicidade

O império foi fundado em 1914 em parte do que hoje é o Paquistão. No Reino Unido, a família adquiriu imóveis valiosos. Em Londres, por exemplo, são donos do hotel Raffles, localizado no histórico edifício Old War Office em Whitehall. Eles também possuem arte do exclusivo Carlton House Terrace, um enorme edifício que abriga escritórios, residências e salas de eventos localizado perto do Palácio de Buckingham, conforme lista o jornal O Globo.

Em todo mundo, o Grupo Hinduja afirma ter 200 mil funcionários.

Veja fotos do hotel de luxo em Londres

Leia também

Quem são os 13 brasileiros que entraram pela primeira vez na lista de bilionários da Forbes

Veja quem são os 10 bilionários mais velhos do mundo, segundo a Forbes

FOTOS: Casa mais cara do mundo tem helipontos, cinema e garagem gigante

Destaques do NSC Total