nsc
santa

Luto

Menino de 2 anos é picado por animal e morre no Alto Vale

Criança acordou com dor e sinais de picada no pescoço

13/09/2021 - 07h59 - Atualizada em: 13/09/2021 - 15h11

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Brayan completou dois anos em junho
Brayan completou dois anos em junho
(Foto: )

Uma criança de dois anos morreu em Rio do Sul, no Alto Vale do Itajaí, neste domingo (12), após ser picada por um animal peçonhento. Brayan Gabriel Duarte dos Santos estava em casa, em Salete, quando passou mal e foi levado ao hospital na manhã de sábado (11) com sinais de ferida no pescoço. A suspeita é que o ataque tenha ocorrido enquanto ele dormia.

> Receba notícias por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

Em uma publicação nas redes sociais, a prefeitura comunicou a morte do menino, que era estudante de uma creche municipal. Ele estava com a família quando, no amanhecer de sábado, acordou com dor e apresentou inchaço e sinal de picada no pescoço. O animal que causou o ferimento não foi identificado.

Conforme a secretária de Educação de Salete, Joana Demori, o pequeno foi levado ao hospital da cidade no sábado, mas pela gravidade da situação houve a transferência para a UTI do Hospital Regional do Alto Vale, em Rio do Sul. Brayan não resistiu às complicações e morreu neste domingo. O corpo foi levado a Lages para que uma investigação seja feita e possa apontar qual animal feriu o menino.

Por conta disso, não há horário definido para o sepultamento, que será no cemitério municipal. Em choque, a família da criança ainda não consegue aceitar a perda tão precoce:

“Meu mundo acabou, meu príncipe virou uma estrelinha no céu. Meu mundo era azul e agora ficou preto. Que dor, um vazio dentro de mim”, desabafou a mãe, Marisete dos Santos, nas redes sociais.

Brayan completou dois anos em junho.

Leia também

> Casal de moto é arrastado por 65 metros na BR-470

> Meteoro bola de fogo é registrado no céu de Santa Catarina; veja o vídeo

> Restaurante Seu Porco vai abrir filial em Timbó e prepara rede de franquias

Colunistas