nsc
santa

Trânsito

Menino morto em acidente em Blumenau estava a caminho da escola com o irmão

Garoto estudava no colégio Alice Thiele, que fica próximo de onde ocorreu o acidente

28/09/2021 - 17h42 - Atualizada em: 28/09/2021 - 17h43

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Por Valeska Lippel
Francinaldo gostava de Matemática e sonhava em ser policial
Francinaldo gostava de Matemática e sonhava em ser policial
(Foto: )

O menino de nove anos que morreu nesta terça-feira (28) após ser atropelado por um micro-ônibus em Blumenau estava indo à escola no momento do acidente. A informação foi revelada à NSC TV pelo irmão mais velho do garoto. O adolescente de 13 anos era quem guiava a bicicleta com o caçula na garupa quando acabaram prensados entre dois veículos, depois caíram no chão e foram atingidos por um dos automóveis.

> Receba notícias de Blumenau por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

Francinaldo Messias Junior estava no terceiro ano do ensino fundamental no colégio Alice Thiele, que fica próximo de onde houve o acidente. Ele tinha a Matemática como disciplina favorita, mas apesar das habilidades com os números sonhava ser policial. Os planos foram interrompidos por volta das 13h quando ele era levado à escola pelo irmão mais velho e se depararam com dois micro-ônibus parados na Rua Araranguá, lado a lado.

Ao decidirem passar entre os automóveis, um arrancou e eles acaram prensados. Na sequência, os meninos foram parar no chão e o caçula acabou atropelado. O irmão mais velho conta que o motorista desceu do carro, ficou desesperado e logo as pessoas começaram a aparecer para chamar socorro. Bombeiros e Samu atenderam o garoto, que teve traumatismo craniano e ferimentos pelo corpo.

A vítima foi levada ao Hospital Santo Antônio em estado grave, mas ainda com vida. Momento depois de dar entrada na unidade, não resistiu e morreu. O adolescente que guiava a bicicleta teve apenas escoriações leves e não precisou ser hospitalizado.

Imagens feitas pela NSC mostram que as calçadas no local são precárias. Bem no ponto do acidente, acaba uma calçada de cimento e começa uma de barro. O divisor é um poste bem no meio do caminho. No outro lado da estrada também não há passeio público, apenas uma faixa apertada sem pavimento.

Imagem mostra situação precária das calçadas no local do acidente
Imagem mostra situação precária das calçadas no local do acidente
(Foto: )

Leia também​

> Motorista de ônibus erra o pedal e causa acidente com sete carros no Centro de Blumenau

> O que já se sabe sobre o acidente que matou jovem de 26 anos no Centro de Blumenau

> Músico morre em Brusque ao capotar carro e ficar preso debaixo do veículo

Colunistas