publicidade

Otimismo

Ministro da Infraestrutura espera concluir duplicação da BR-470 até 2021 

Após inspecionar a rodovia, Tarcísio Gomes de Freitas falou com otimismo sobre o andamento dos trabalhos

17/06/2019 - 13h00 - Atualizada em: 17/06/2019 - 15h49

Compartilhe

Gabriel
Por Gabriel Lima
duplicação br-470
Primeiro trecho de duplicação foi liberado na manhã desta segunda-feira.
(Foto: )

Antes da liberação do trecho duplicado da BR-470 na manhã desta segunda-feira (17), o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, inspecionou a rodovia para verificar a situação em cada um dos quatro lotes, entre Navegantes e Indaial. Apesar do tom ameno, reconhecendo que o trecho representa apenas 10% da obra, ele falou com otimismo sobre o andamento dos trabalhos.

— Eu tenho certeza que até meados do ano que vem a gente vai ter uma boa parte desse trecho já liberado. A ideia é que a gente possa concluir a obra inteira até 2021. Se botar o orçamento aqui, essa obra vai sair. Iremos trabalhar pra isso. Se pra nós a BR-470 é prioridade, é porque ela vai ser destino dos nossos recursos em Santa Catarina — afirma.

A expectativa do ministro é ampliar a área duplicada da rodovia nos próximos meses. Há dois trechos, de quatro e dois quilômetros, na sequência do trajeto em Gaspar. Dessa forma, a extensão da área duplicada chegaria a 14 km. Outro trecho de 7 km no início da rodovia, ainda em Navegantes, também estaria próximo de ter os trabalhos concluídos.

A situação é mais crítica nos lotes 3 e 4, entre Gaspar e Blumenau, pois há cerca de mil desapropriações pendentes. Tarcísio Gomes de Freitas afirma que esse trajeto é mais crítico pela característica urbana, o que dificulta a compra dos terrenos para continuidade das obras e pela quantidade de solo mole na região, algo que prolonga o cronograma.

— O segredo das desapropriações é a gente ter recursos para fazer a indenização das famílias, compra assistida, poder fazer as realocações necessárias, e por isso a gente precisa concentrar recursos aqui. Nossa equipe irá trabalhar para acelerar a liberação do trecho nesses lotes 3 e 4 — explica.

Superintendente do DNIT reforça entrega da obra em dois anos

Outro que garantiu a entrega dos 73 quilômetros previstos de duplicação da BR-470 no período de dois anos foi Ronaldo Carioni Barbosa, superintendente do DNIT em Santa Catarina. Ele ressaltou que o ministro entendeu que a obra avança em bom ritmo quando os recursos federais chegam a Santa Catarina.

Além disso, Carioni ressaltou que a duplicação melhora significativamente a mobilidade de veículos na rodovia. Também mencionou que desviar o trânsito para duas pistas em cada sentido aumenta a segurança, mas que ainda assim é preciso que os motoristas tenham cuidado.

— Há toda a sinalização de segurança, mas a rodovia é perigosa. As pessoas têm que ter consciência que precisam trafegar com segurança. Mas se você respeitar a sinalização, não vai ter perigoso algum — finaliza.

Deixe seu comentário:

publicidade