nsc
an

Saída obrigatória

Morador lamenta deixar casa após rua ceder em São Bento do Sul: “Criei meus filhos aqui"

João Maria Franco da Silva reside no local há 45 anos e diz que não tem para onde ir

22/06/2022 - 14h44

Compartilhe

Marcelo
Por Marcelo Henrique
Morador
João Maria Franco da Silva vai ter que deixar casa que mora há 45 anos em São Bento do Sul
(Foto: )

A vida do aposentado João Maria Franco da Silva sofreu um baque nos últimos dias. Após a rua da casa onde ele mora ceder mais de um metro em São Bento do Sul, no Planalto Norte de SC, ele terá que abandonar o local onde vive há 45 anos e construiu a família.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O morador faz parte do grupo de 30 famílias que serão notificadas para deixar suas casas. Duas residências já estão interditadas e as demais também serão nos próximos dias, segundo a prefeitura. Em entrevista à NSC TV Joinville, João declara que não tem para onde ir.

- É uma notícia péssima. Eu criei meus filhos aqui, um de 32, outros com 42 e 41. Tudo aqui, nasceram aqui. Não é só vim um homem e mandar nós sair. Acho que temos que ter um direito nosso - desabafa.

Os moradores obrigados a sair do local serão recebidos em um abrigo que será criado pelo município. A Defesa Civil e a Secretaria de Assistência Social vão passar nas residências para comunicar os moradores sobre as novas medidas.

As decisões foram tomadas após o resultado de um laudo emitido pelo geólogo Aharon Israel Varreiro Saldanha, da Associação de Municípios do Nordeste de SC (Amunesc). O documento atesta que a região é de alto risco para desmoronamento, não apenas nos imóveis já interditados, como para outras casa próximas.

Além disso, a região é de Área de Proteção Permanente (APP), o que impede a prefeitura de mexer no local a partir do momento em que a via desmoronar.

Sob supervisão de Lucas Paraizo

Leia também:

Joinville aprova lei que iguala direito de licença para servidores que adotam crianças

Joinville tem novo esquema para quem vacinou com Janssen; veja como vai funcionar

“Invasão” de corredor de ônibus em Joinville tem queda; mas ainda são dez multas por dia

Colunistas