nsc
an

Manifestação

Moradores de Joinville protestam contra local de instalação da ETE Vila Nova

Eles se preocupam com possível mau cheiro e desvalorização dos imóveis da região

18/08/2020 - 10h50 - Atualizada em: 18/08/2020 - 12h16

Compartilhe

Hassan
Por Hassan Farias
Protesto aconteceu na manhã desta terça-feira (18)
Protesto aconteceu na manhã desta terça-feira (18)
(Foto: )

Um grupo de moradores do bairro Vila Nova, em Joinville, realizou um protesto na manhã desta terça-feira (18) contra a construção da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) na entrada do binário do bairro, na zona Oeste da cidade. Com cartazes em mãos, eles interromperam o trânsito da rua São Firmino e fizeram a manifestação em frente ao terreno que receberá a obra.

> Nova obra de esgoto volta a motivar polêmica em Joinville

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do A Notícia

Segundo o representante da Associação de Moradores do Alto da Rua 15 de Novembro (Amar), Sergio Kopsch, os moradores não são contra a instalação da estação de tratamento. No entanto, eles não concordam com o local da obra e sugerem à prefeitura um terreno na Estrada Arataca.

- A estação é muito importante para o bairro, só que a comunidade não quer naquela região por causa do mau cheiro, da desvalorização dos imóveis e por ficar na entrada do bairro, perto de condomínio, posto de saúde e escola - explica.

Kopsch também afirmou que a prefeitura teria dito em 2010 que a construção da ETE Vila Nova seria feita na divisa entre os bairros Morro do Meio e Vila Nova, já que atenderia as duas comunidades. No entanto, em 2012, o município teria apresentado a ideia de instalar a estrutura na entrada do binário do Vila Nova.

- Desde então, estamos pedindo para mudar. No ano passado conversamos com o prefeito e tivemos a audiência pública com a Águas de Joinville, mas eles sempre vêm com o projeto alegando que não vai ter cheiro ou desvalorizar os imóveis - conta.

Em nota, a Companhia Águas de Joinville informou que a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) do Vila Nova foi planejada com tecnologia moderna, que garante a eficiência no tratamento, sem provocar mau cheiro ou qualquer outro desconforto aos moradores da região.

Segundo a companhia, o projeto e o estudo de impacto de vizinhança foram avaliados e aprovados pelos órgãos competentes. A ETE terá investimento de R$ 21 milhões e vai atender 30 mil moradores do bairro.

> Mudanças previstas para o trânsito de Joinville estão sem prazo para execução, diz prefeitura

Colunistas