nsc
    dc

    Feminicídio

    Morre no hospital mulher atacada pelo filho com peso de academia em Chapecó, no Oeste

    Além dela, o neto foi assassinado. A polícia investiga se houve participação de mais pessoas

    18/01/2020 - 11h47 - Atualizada em: 18/01/2020 - 11h48

    Compartilhe

    Clarissa
    Por Clarissa Battistella
    ***
    O óbito da idosa foi confirmado na manhã deste sábado (18)
    (Foto: )

    Quatro dias depois de ser socorrida ao hospital em estado grave de saúde, morreu a senhora de 69 anos, que havia sido agredida supostamente pelo filho com um peso de academia. O caso ocorreu no dia 14 de janeiro, em Chapecó, no Oeste de SC. No mesmo dia, o suspeito ainda golpeou o próprio filho, uma criança de apenas 2 anos, que não resistiu aos ferimentos.

    O óbito da idosa foi confirmado na manhã deste sábado (18). A vítima será sepultada no interior de Quilombo, município distante 58 quilômetros de Chapecó.

    O fato ocorreu no Loteamento Alice 2, bairro Efapi. De acordo com o delegado Rodrigo Moura, da Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Chapecó, a avó da criança sofreu lesões no corpo e na cabeça. Além disso, a mulher também sofreu golpes de faca.

    A vítima foi encontrada desmaiada na casa e havia perdido muito sangue, disse o delegado.

    — O suspeito não tinha antecedentes criminais e parecia ser um homem comum. A motivação do delito ainda não foi elucidada. A gente vai colher mais informações que possam levar à compreensão do que levou esse indivíduo a praticar esses crimes — comentou o delegado Rodrigo Moura.

    Ainda segundo Rodrigo, a polícia aguarda os laudos periciais de necropsia que serão elaborados pelo IGP e também os laudos no local do crime e nos objetos para concluir as

    Colunistas