nsc
an

Luto na comunicação

Morre radialista Ricardo Passos de Joinville, conhecido como 'repórter nota 10'

02/12/2021 - 07h25 - Atualizada em: 02/12/2021 - 12h12

Compartilhe

Sabrina
Por Sabrina Quariniri
Ricardo Passos tinhha 78 anos e ficou conhecido em Joinville por seu trabalho em rádio
Ricardo Passos tinhha 78 anos e ficou conhecido em Joinville por seu trabalho em rádio
(Foto: )

Morreu no início da noite de quarta-feira (1°), em Joinville, o comunicador Ricardo Passos, aos 78 anos. Ricardo ganhou notoriedade na cidade pelo trabalho esportivo desenvolvido em rádio, onde ficou conhecido como "repórter nota 10". Há anos, o radialista enfrentava problemas de saúde, mas a causa e o local da morte não foram informados pela família. 

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Ricardo Passos iniciou a carreira na comunicação nos anos 1960, após fazer um teste de locução na rádio Colon 1090, deixando para trás seu emprego na Tupy. Na Colon, começou fazendo plantão esportivo e, em seguida, foi chamado para atuar na Cultura 1250. 

Roberto Dias Borba, amigo pessoal do radialista, lembra que, só a partir de 1969, Passos teve a oportunidade de ir para a reportagem. Aposentado desde 1999, ainda assim permaneceu por mais dois anos na emissora.

 E, dali, foi para a antiga Felej (atual Sesporte), onde ambos puderam atuar juntos em um projeto de iniciação esportiva. No final de 2010, passou para a assessoria de imprensa do JEC. O clube lamentou a morte do repórter nas redes sociais. 

Para Borba, "o repórter nota 10" cumpriu seu dever de informar, pela ética e dedicação que tinha com a informação e respeito ao ouvinte. 

- Deixa um importante legado para a imprensa, notadamente no radialismo, onde militou com toda competência e desenvoltura, além de representar um grande exemplo para sua família. O repórter passa a ser eterno por não estar mais presente fisicamente. Mesmo assim, está marcado pela trajetória pessoal e profissional. - escreveu. 

Despedida

Nas redes sociais, Kátia Passos, filha do comunicador, publicou uma foto segurando a mão de Passos e demonstrou o carinho que sentia pelo pai. 

"Quando uma pessoa nos deixa, quando ela não está mais aqui e não podemos tocá-la ou ouvir sua voz, parece ter desaparecido para sempre. Mas um afeto sincero nunca irá morrer. A memória das pessoas que a gente amou viverá para sempre em nossos corações, mais forte do que qualquer abraço, mais importante do que qualquer palavra. 

Vá em paz, meu amado pai", escreveu. 

Ricardo Passos morreu por volta das 19h de quarta-feira e está sendo velado nesta quinta-feira (2), na capela 4 do Cemitério Municipal. O sepultamento acontece às 16h, no Cemitério São Sebastião, localizado no bairro Iririú. 

Leia também:

Dois em cada três moradores de Joinville estão vacinados com duas doses contra a Covid-19

Projeto na Câmara de Joinville quer proibir cobrança de passaporte da vacina

JEC define modelo de clube-empresa e pode vender até 90% de suas ações; entenda

Colunistas