nsc
an

Cultura

Morre Yara Fischer, uma das fundadoras da Scar de Jaraguá do Sul

Aos 87 anos, Yara deixa legado na cultura de Jaraguá do Sul e toda Santa Catarina

11/01/2022 - 11h12 - Atualizada em: 11/01/2022 - 13h28

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Fernando e Yara Springmann
Fernando e Yara Springmann
(Foto: )

Morreu nesta segunda-feira à noite (10) em Jaraguá do Sul, aos 87 anos, Yara Fischer Springmann, uma das fundadoras da Scar (Sociedade Cultura Artística). Filha da pianista Adélia Fischer, que participou do início da orquestra que fundou a Scar, Yara foi casada com Fernando Springmann, e juntos deixaram um legado enorme na cultura de Jaraguá do Sul e toda Santa Catarina.

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

Fernando morreu em janeiro de 2019, aos 93 anos. No ano anterior, ele e Yara receberam a Medalha do Mérito Cultural Cruz e Sousa, maior honraria estadual da cultura.

Nesta segunda, a morte de Yara foi lamentada no meio da cultura e em toda a sociedade jaraguaense. O prefeito da cidade, Antídio Lunelli, destacou que "o legado dos dois continuará ecoando em nossos corações".

Apaixonada pelo Femusc (Festival de Música de Santa Catarina), que chega a mais uma edição no próximo domingo (16), Yara sempre foi uma incentivadora da música e da arte, marcando presença em todos os eventos na Scar. Em homenagem a ela e Fernando, foi criado no Femusc o programa "Momento Springmann".

Leia também

Femusc divulga programação com mais de 60 apresentações gratuitas em Jaraguá do Sul

Menina de 7 anos celebra devolução de mini-Fusca guinchado em SC: "Alegria"

Aposentada de Joinville restaura bonecas jogadas no lixo e faz alegria de crianças carentes

Colunistas