nsc
dc

Segurança

Motorista que atropelou jovens no Campeche admite que bebeu e estava em alta velocidade

Suspeito é um homem de 27 anos e falou sobre o caso em depoimento. Uma das vítimas permanece internada na UTI do Hospital Baía Sul, na Capital

26/02/2020 - 16h30 - Atualizada em: 26/02/2020 - 17h08

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
Caso ocorreu na Avenida Campeche, em Florianópolis
Caso ocorreu na Avenida Campeche, em Florianópolis
(Foto: )

A Polícia Civil localizou o motorista suspeito de ter atropelado um grupo de adolescentes após um bloco de Carnaval na região do Campeche, em Florianópolis.

Segundo o delegado João Loss, da 10ª Delegacia de Polícia da Capital, o motorista é um rapaz de 27 anos, morador do Campeche, que conduzia um automóvel Clio. Ele prestou depoimento e vai responder em liberdade durante a elaboração do inquérito.

Ainda de acordo com o delegado, o jovem admitiu em depoimento ter bebido cerveja no dia do acidente e disse que seguia em alta velocidade quando o carro teria derrapado e ele teria perdido a direção, atingindo os jovens.

O caso deve ser investigado como lesão corporal em acidente de trânsito, com fuga do motorista do local do acidente.

A Polícia Civil também já ouviu outra vítima do acidente e ainda vai ouvir outras pessoas atropeladas pelo motorista.

Três adolescentes com idades entre 14 e 16 anos foram hospitalizados por conta do atropelamento e mais duas pessoas foram atingidas pelo carro, mas não precisaram ser levadas ao hospital. O caso ocorreu na noite de domingo (23), na Avenida Campeche, próximo à região da Lagoa Pequena.

O atropelamento ocorreu após o bloco Onodi, um dos mais tradicionais do Carnaval de Florianópolis, que ocorre na região do Campeche.

Inicialmente, havia sido informada uma placa de um carro de São Paulo, mas nesta quarta-feira a polícia descartou essa informação e confirmou a identificação do motorista como o morador do Campeche.

Em entrevista à CBN Diário, no início da tarde desta quarta, o delegado falou sobre a investigação do caso, ainda antes da confirmação do suspeito.

Confira abaixo a entrevista do delegado João Loss à CBN Diário:

Adolescente segue internada na UTI

Uma das adolescentes que foi atropelada após sair do bloco de Carnaval permanece internada no Hospital Baía Sul, no Centro de Florianópolis.

Segundo boletim médico divulgado nesta quarta-feira (26), ela sofreu traumatismo cranioencefálico e está na Unidade de Tratamento Intenso (UTI). O estado de saúde dela é considerado estável. A jovem está internada na unidade desde a noite de segunda-feira (24).

Colunistas