nsc
an

Violência doméstica

Mulher é mantida em cárcere privado por quatro meses em Campo Alegre

Suspeito usava faca e pedaço de madeira para agredir vítima

29/12/2020 - 11h03

Compartilhe

Patrícia
Por Patrícia Della Justina
Mulher era agredida física e psicologicamente
Mulher era agredida física e psicologicamente
(Foto: )

Um homem foi preso na tarde da última segunda-feira (28) após manter uma mulher em cárcere privado durante quatro meses. A situação aconteceu em Campo Alegre, Planalto Norte de Santa Catarina. 

A Polícia Militar foi ao local depois de receber uma denúncia anônima sobre situação de violência doméstica. A vítima informou aos policiais que veio de outro estado brasileiro e possuía um relacionamento com o agressor.

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

Saiba como é feito em SC o atendimento das vítimas que buscam socorro nas Dpcamis 

Segundo a PM, ele teria escondido documentos pessoais da vítima e quebrado o celular dela para impedir a comunicação com familiares. 

O homem ainda a agredia física e psicologicamente, além de impedi-la de sair de casa. A vítima apresentava um hematoma em um dos olhos. Um pedaço de madeira e uma faca foram apreendidos no local. Conforme a PM, os materiais eram utilizados durante as agressões e ameaças.

"Uma mulher agredida não é uma estatística. É um ser humano", diz vítima

O homem foi preso em flagrante por cárcere privado, ameaça, injúria e lesão corporal. A Polícia Civil deve investigar o caso. 

Colunistas