nsc
an

Tentativa de homicídio

Mulher trans é agredida em tentativa de homicídio em Araquari

A vítima foi imobilizada por um dos suspeitos enquanto outro a agredia

02/08/2021 - 09h01 - Atualizada em: 02/08/2021 - 10h01

Compartilhe

Isadora
Por Isadora Nolf
Tentativa de homicídio em Araquari
Os agressores já foram identificados é um deles já foi detido
(Foto: )

Uma mulher transexual sofreu tentativa de homicídio na madrugada do último domingo (1), após se encontrar com um homem em Araquari, no Norte de Santa Catarina. 

> Receba as principais informações de Santa Catarina pelo WhatsApp

A mulher foi até o Pronto Atendimento de Araquari logo após o ocorrido, apresentando sinais de agressão e ferimentos por facada no pescoço, tórax e na mão. De acordo com a mãe da vítima, a filha teria saído de casa para se encontrar com o suspeito por volta de 1h5min da madrugada, retornando aproximadamente cinco horas depois. 

Segundo a vítima, a tentativa de homicídio ocorreu no fim da noite, quando eles se aproximaram de carro da casa da mulher. Em seguida, outro homem apareceu e iniciou as agressões, desferindo socos e facadas enquanto o primeiro a mantinha imobilizada. De acordo com o relato, o agressor tentou cortar a garganta da vítima. Segundo a Polícia Militar, o crime teria sido motivado por uma desavença envolvendo dinheiro.

> Homem é preso por agredir parceira com cabeçada e soco no rosto em Guaramirim

Conseguindo se desvencilhar da imobilização, a mulher correu para casa, gritando por socorro. Depois de receber atendimento médico, ela entrou em contato com a Polícia Militar de Araquari e forneceu fotografias dos suspeitos. Com isso, foi possível fazer a identificação de ambos. O primeiro agressor, um homem de 27 anos, foi preso e levado ao Presídio de Joinville. 

A PM de Araquari segue em busca do segundo suspeito. 

*Sob a supervisão de Lucas Paraizo

Colunistas