O DJ Alok postou nesta quarta-feira (16) alguns stories explicando uma situação engraçada que aconteceu durante os testes de seus lasers na Califórnia, nos Estados Unidos. Os lasers estão sendo usados em várias ações do artista, que fará no próximo dia 19 uma apresentação especial de fim de ano, “Alive”. Segundo Alok, na ocasião a polícia chegou a ser acionada já que a população cogitou um ataque alienígena.

Continua depois da publicidade

> Sandra Annenberg chora no estúdio ao descobrir que filha passou no vestibular

— Família, vou contar uma história para vocês. Eu estava fazendo os testes do nosso laser lá nos Estados Unidos, no norte da Califórnia, em Sacramento, e vários moradores ficaram intrigados com aquilo e começaram a gerar várias especulações nas redes sociais e muitos deles ligaram para a polícia e a polícia foi bater lá, para saber o que estava acontecendo, porque estavam falando que era invasão alienígena, enfim, falando que eram várias histórias loucas.

O DJ compartilhou uma notícia vinculada na imprensa local sobre o ocorrido.

— Testemunhas tiraram fotos e fizeram uma convocação nas redes sociais na esperança de encontrar explicações — descrevia a publicação que também explicava que as luzes se tratavam dos testes do DJ brasileiro.

Continua depois da publicidade

> O Gambito da Rainha: família catarinense fala sobre participação na série da Netflix

Em Florianópolis, o DJ realizou uma ação semelhante no início de novembro. Aguardado pelo público, os canhões de lasers foram instalados na Ponte Hercílio Luz, mas frustaram a população que só conseguiu visualizar o feito das luzes em pontos específicos na Grande Florianópolis.

Nesta semana, Alok também virou notícia após anunciar a criação de um instituto que leva seu nome e que irá promover ações em combate à exclusão social e geração de oportunidades. O artista fez uma doação inicial de 27 milhões de reais para o Instituto. 

> Romana Novais, esposa de Alok, afirma ter sido salva pela filha

Destaques do NSC Total