nsc
dc

FRIO EM SC

Onde ver a geada e a neve e sentir as temperaturas negativas na Serra de Santa Catarina

Cidades como São Joaquim, Urupema e Urubici estão lotadas neste fim de semana por turistas esperando a neve

05/07/2019 - 11h56 - Atualizada em: 05/07/2019 - 16h38

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Urupema tem a fama de ser a cidade mais gelada do país
Urupema tem a fama de ser a cidade mais gelada do país
(Foto: )

A expectativa de neve e as temperaturas negativas do inverno trazem milhares de turistas do Brasil inteiro para a Serra catarinense nesta época do ano. Seja em Urubici, Urupema, São Joaquim os nas cidades ao redor, nos dias mais frios é possível sentir em qualquer lugar dos municípios as temperaturas negativas e ver, por exemplo, finas camadas de gelo se formando em cima dos carros e dos gramados.

Morro das Antenas - Urupema

Amanhecer desta sexta (5) em Urupema, na Serra
Amanhecer desta sexta (5) em Urupema, na Serra
(Foto: )

Para quem busca frio ainda mais intenso, árvores cobertas pelo sincelo (gelo que se forma do congelamento das neblinas) e pedaços de gelo na beira das estradas, alguns pontos como o Morro das Antenas (ou Morro das Torres), em Urupema, são paradas obrigatórias.

O acesso ao morro ocorre por uma estrada de chão que pode ser feito tranquilamente com carros de passeio, com entrada a partir da rodovia SC-112, entre Urupema e Rio Rufino. No mesmo acesso é possível seguir para o morro ou para a “cascata que congela”, uma queda d’água que, nas épocas mais frias, fica totalmente congelada.

Registro de 2016 da cascata congelada em Urupema, na Serra
Registro de 2016 da cascata congelada em Urupema, na Serra
(Foto: )

No topo do morro, a uma altitude de aproximadamente 1,7 mil metros em relação ao nível do mar, a sensação térmica supera com facilidade dos -10 ºC e a umidade ajuda, em ocasiões específicas, a formar a esperada neve.

É lá um dos pontos mais procurados por quem deseja uma oportunidade de ver o fenômeno pouco frequente no Brasil.

Para ajudar os mais friorentos, o topo do morro conta com uma estrutura fechada que possibilita a vista do mirante em um abrigo.

Morro da Igreja - Urubici

Vista da Pedra Furada no Morro da Igreja
Vista da Pedra Furada no Morro da Igreja
(Foto: )

Outra opção muito procurada pelos turistas é o Morro da Igreja, em Urubici. Por estar dentro de um parque nacional, o acesso para o morro é controlado. Quem deseja visitar precisa pegar uma autorização na sede do ICMBio, no Centro de Urubici.

Acesso ao Morro da Igreja pode ser complicado, como mostra esse registro de 2016
Acesso ao Morro da Igreja pode ser complicado, como mostra esse registro de 2016
(Foto: )

Atualmente, em junho e julho de 2019, o acesso está ainda mais limitado devido a obras na estrada de acesso, portanto as visitas só são liberadas aos sábados e domingos. Por lá também é possível encontrar geada e sincelo nos dias mais frios.

São Joaquim

Árvores congeladas em São Joaquim, na Serra
Árvores congeladas em São Joaquim, na Serra
(Foto: )

A cidade de São Joaquim acaba recebendo a maior parte dos turistas e tem como principal cartão-postal o Centro da cidade, onde as árvores congeladas chamam a atenção e viram cenário de fotos e selfies de centenas de turistas durante os dias mais frios. Por lá também há a possibilidade de neve quando o tempo assume as condições ideais de temperatura e umidade.

Turistas paulistas aproveitam o frio para tirar fotos com a paisagem congelante
Turistas paulistas aproveitam o frio para tirar fotos com a paisagem congelante
(Foto: )

Frio nos últimos dias em SC

A Serra catarinense amanheceu com sincelo e sensação térmica de -13°C nesta sexta-feira (5). A menor temperatura na região foi de -4,1°C em Urupema.

Um dia antes, na quinta (4), a cidade - que tem fama de ser a mais fria do país - já havia registrado a menor temperatura do ano até agora em SC: -4,7°C.

Leia as últimas notícias do NSC Total

Ainda não é assinante? Faça sua assinatura do NSC Total para ter acesso ilimitado ao portal, ler as edições digitais dos jornais e aproveitar os descontos do Clube NSC.

Deixe seu comentário:

Últimas notícias

Loading interface... Todas de Cotidiano

Colunistas