nsc
dc

Pandemia

Operação Lockdown Inverso: Chapecó vai isolar pacientes com Covid-19 com ajuda de 320 agentes de saúde

Equipes farão visitas diárias aos pacientes infectados, que devem cumprir isolamento sob risco de multa

22/04/2021 - 15h25 - Atualizada em: 22/04/2021 - 16h24

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Central Covid Chapecó
Central Covid de Chapecó vai enviar unidade móvel para atender casos suspeitos
(Foto: )

A prefeitura de Chapecó detalhou nesta quinta-feira (22) como vai funcionar a força-tarefa de isolamento e monitoramento dos casos ativos de Covid-19 na cidade. Apelidada de "lockdown inverso", a medida busca isolar todos os pacientes contaminados no município, com testagem em massa dos casos suspeitos e também de familiares que tiveram contato.

> Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A ação vai ter apoio da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros e da Guarda Municipal, além de 320 agentes comunitários de saúde que serão a "linha de frente" da fiscalização.

- Vocês vão ter o nome e o endereço de cada um que está positivado na localidade onde vocês trabalham. Diariamente, vocês vão visitar aquele paciente, bater na porta da casa chamando a pessoa para dialogar em uma distância mínima de três ou quatro metros. Vão chamar todos os familiares daquela casa, conversar para ver se estão cumprindo a quarentena, verificar estado de saúde. Se observar qualquer integrante da família com qualquer sintoma, um espirro, uma dorzinha de garganta, vocês vão ligar para a Central Covid - explicou o prefeito de Chapecó, João Rodrigues, aos agentes comunitários.

Nos casos de pessoas com sintomas, a Central Covid vai enviar uma unidade móvel até a residência. As pessoas serão testadas para coronavírus e, se necessário, a equipe vai indicar o tratamento necessário.

Com o trabalho, a prefeitura espera reduzir a circulação do vírus no município e seguir baixando os números de contaminação. Foi em Chapecó que iniciou o colapso no sistema de saúde catarinense, ainda em fevereiro. Em março a cidade chegou a ter mais de 5 mil casos ativos de Covid-19, e agora está com 370 segundo os dados da prefeitura.

> Venda de remédios do 'kit covid' nas farmácias de SC é a terceira maior do Brasil

Os pacientes positivados para Covid-19 terão que fazer isolamento por um período entre 10 e 14 dias. Quem descumprir a medida poderá pagar multa e até ser processado criminalmente.

A força-tarefa envolvida na operação de isolamento também conta com a Assistência Social de Chapecó, que vai monitorar as famílias carentes, ou de trabalhadores informais que ficarão sem renda durante o período de isolamento. Nesses casos, o município vai fornecer cestas básicas para garantir a alimentação da família por 30 dias.

> O que se sabe sobre as sequelas da Covid?

> Mapa Covid de SC hoje: veja em mapa e dados por cidade como está a situação da pandemia

> Calendário da vacina: veja dados da vacinação em cada município de SC no Monitor da Vacina

Colunistas