A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia à meia-noite desta sexta-feira (22) a Operação Natal 2023, que intensifica a fiscalização nas rodovias federais do Estado, com o objetivo de reduzir o número de acidentes. A operação termina às 23h59 de segunda-feira (25).

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Entre as ações previstas, destacam-se o enfrentamento à embriaguez ao volante, controle da velocidade, fiscalização de ultrapassagens proibidas, uso do cinto de segurança, dispositivos de retenção para crianças, uso de telefone celular, além de atividades de educação para o trânsito. As fiscalizações serão desenvolvidas de forma integrada com órgãos municipais e polícias militares.

Haverá também a restrição de tráfego em pista simples para veículos de cargas excedentes, ou seja, que ultrapassam as dimensões máximas permitidas e que precisam de AET (Autorização Especial de Trânsito), nos trechos de pista simples das BRs 116, 280, 282 e 470. A ação tem o objetivo de aumentar a fluidez do trânsito e ocorrerá nos seguintes dias e horários:

  • Sexta-feira, 22/12, das 16h às 22h;
  • Sábado, 23/12, das 06h às 12h;
  • Segunda-feira, 25/12, das 16h às 22h.

Continua depois da publicidade

Na Operação Natal dos últimos três anos, as rodovias federais em Santa Catarina registraram as seguintes ocorrências:

Ocorrência2020 20212022
Acidentes 72 9791
Feridos 86107106
Mortos 354

Em caso de acidente sem vítimas, com danos materiais e em que o veículo ainda possa seguir rodando com segurança, o envolvido pode optar por fazer o registro pela internet, no E-DAT (Declaração Eletrônica de Acidente de Trânsito). O documento tem valor legal, é reconhecido por outros órgãos e seguradoras.

Recomendações aos viajantes

A PRF elaborou uma série de dicas para viajantes que forem pegar a estrada no feriado. Veja a seguir:

  • Planejamento – O motorista deve se informar sobre as distâncias que percorrerá, condições do tempo e de estrada, pontos de bloqueios parciais ou totais (que podem ocorrer em caso de chuvas fortes) pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Não esquecer documentação pessoal e do veículo.
  • Revisão preventiva – Providenciar a checagem do automóvel. Pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. Verificar os equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e luzes do veículo.
  • Pausas para descanso – O condutor deve programar paradas a cada 3 horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora.
  • Período noturno – Evitar circular à noite por conta da redução da visibilidade. Viaje de dia, de preferência de manhã bem cedo, quando já há luz do sol, a temperatura está agradável e as rodovias estão com menos movimento.
  • Condições climáticas – Sob chuva ou cerração, imediatamente reduzir a velocidade e aumentar a distância em relação ao veículo que trafega à sua frente. Nestas condições o pavimento fica úmido e escorregadio, reduzindo a aderência dos pneus e elevando o risco de derrapagens e aquaplanagens após frenagens bruscas.

Continua depois da publicidade

Leia também

Mais de 2 milhões de pessoas devem passar pela BR-101 em SC no feriado de Natal

Investimento nas rodovias federais de SC alcança R$ 1 bilhão em momento crucial para 2024

SC discute novo plano logístico e investimento em outros modais

Destaques do NSC Total