Os “10 piores pratos brasileiros” foram eleitos, segundo voto popular, em um ranking realizado pela TasteAtlas. Nas palavras do portal, o mecanismo que contabiliza os votos possui um sistema que previne a ocorrência de bots e pessoas tendenciosas, garantindo assim, uma votação justa e imparcial. Porém, a opinião de quem votou pode ser considerada “polêmica”, afinal, algumas receitas amadas pelos brasileiros acabaram entrando na lista.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do Hora no Google Notícias

Até o dia 18 de novembro de 2023, 7.014 votos foram contabilizados, enquanto 5.139 foram reconhecidos como legítimos pelo sistema de votação. O site reitera que os seus rankings não devem ser vistos como verdades universais sobre pratos bons ou ruins, mas que representam a opinião de quem vota.

Ainda conforme o TasteAtlas, o propósito desses levantamentos é levar o conhecimento e a promoção de comidas excelentes, divulgando pratos tradicionais para “aguçar a curiosidade de mais pessoas em pratos que fogem ao comum”.

Confira os 10 piores pratos brasileiros segundo ranking internacional

Continua depois da publicidade

10. Pé de Moleque

O pé-de-moleque é um doce tradicional brasileiro feito de amendoim e Rapadura – açúcar de cana não refinado. O processo de preparação é bastante simples – os amendoins são incorporados ao açúcar derretido e toda a mistura é despejada em uma superfície plana.

Uma vez resfriado, ele é quebrado em pedaços menores e irregulares. Ingredientes adicionais incluem manteiga, leite e óleo de amendoim, que são todos opcionais. Não há uma receita uniforme, pois esses doces podem diferir em cor (de claro a escuro), no tipo de ingredientes usados e em sua textura (macia a dura).

09. Caruru

O Caruru é um prato brasileiro composto por quiabo, camarão seco, cebola e nozes torradas cozidas em óleo de dendê. Na região da Bahia, o caruru é tradicionalmente consumido como condimento ao lado do Acarajé, um tipo de comida de rua que consiste em ervilhas fritas.

Embora o prato tenha origens africanas, é considerado um prato brasileiro que foi exportado para fora da África pelos escravos que trabalhavam nas plantações de açúcar no Brasil. O Caruru é um marco das cerimônias religiosas afro-brasileiras, onde é conhecido sob o nome amalá, e é um favorito de Xangô, o deus africano yoruba do fogo.

Continua depois da publicidade

08. Mocotó

O Mocotó é um ensopado brasileiro popular feito de pés de boi, feijão e vários vegetais. O nome do prato deriva da palavra em Kimbundu, mbokotó. Nutritivo e barato, o ensopado foi originalmente feito por escravos que usavam cortes de carne que foram jogados fora pelos proprietários de terras.

07. Sequilhos

Os sequilhos são biscoitos tradicionais brasileiros feitos com uma combinação de amido de milho, fermento em pó, manteiga, leite condensado, ovos, baunilha e uma pitada de sal. Uma vez que a massa fica dura, é enrolada em bolas que são ligeiramente achatadas com um garfo, dando-lhes um padrão decorativo no processo.

Depois de assados, esses biscoitos leves podem ser consumidos como estão ou combinados com frutas, creme ou sorvete.

06. Salada de maionese

A salada de maionese é uma salada brasileira que é tradicionalmente servida com churrasco. Também é conhecida como salada de batata gaúcha, é feita com uma combinação de batatas, cenouras, ervilhas, espiga de milho, maçãs verdes cortadas em fatias finas, passas e maionese.

Continua depois da publicidade

As batatas, cenouras e milho são cozidos até ficarem macios, mas firmes. As cenouras e batatas são cortadas em cubos, enquanto os grãos de milho são cortados da espiga e as ervilhas são simplesmente escaldadas em água fervente.

05. Maria-mole

A Maria-mole é uma sobremesa popular brasileira que geralmente consiste de açúcar, gelatina, coco e claras de ovos. Foi inventada em São Paulo por Antonio Bergamo, um produtor de doces que queria usar todas as sobras de clara de ovo para fazer outros tipos de doces. Hoje, a sobremesa é tradicionalmente servida durante as festas católicas de junho, chamadas Festas Juninas.

04. Quibebe

O Quibebe é uma sopa ou ensopado brasileiro feito de abóbora e cebola. Tem uma textura muito espessa e é tradicionalmente servido antes de uma entrada maior ou a refeição principal. O prato é um pouco semelhante ao curry devido ao uso de pasta de pimenta, gengibre moído e leite de coco.

Recomenda-se decorar quibebe com salsa fresca.

03. Tareco

Os tarecos são biscoitos simples que consistem em farinha de trigo ou milho, ovos, baunilha e açúcar. Eles se originaram em Pernambuco, mas ganharam popularidade em todo o Brasil.

Continua depois da publicidade

02. Arroz com pequi

É um prato tradicional brasileiro feito de arroz originário das regiões centrais, e é especialmente popular em Minas Gerais e Goiás. O ingrediente-chave no prato é o Pequi, uma pequena fruta sazonal com um forte sabor de queijo.

Outros ingredientes usados no prato incluem arroz, óleo, alho, cebola, caldo de galinha, cebolas verdes picadas, sal e pimenta. Os ingredientes são fervidos até que o líquido seja absorvido e o arroz fique macio.

01. Cuscuz paulista

O Cuzcuz Paulista é um prato brasileiro que consiste em fubá enriquecido com azeitonas, sardinhas enlatadas (ou qualquer outro peixe enlatado) e ervilhas – ingredientes que eram bastante caros e exóticos durante a época da invenção do prato no século 19.

Entre o grande número de ingredientes, há também farinha de mandioca, alho, cebola, pimentão, salsa, cebolinha e ovos cozidos.

Continua depois da publicidade

Leia também

O que acontece com o corpo na dieta sem açúcar

Ozempic natural? Os alimentos que emagrecem como o medicamento

Destaques do NSC Total