nsc
dc

Prisão

Padre suspeito de cometer três assaltos é preso no RS

Conforme a polícia, os roubos aconteceram em dois mercados e uma farmácia

04/03/2021 - 11h25 - Atualizada em: 04/03/2021 - 11h30

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
O padre foi preso na noite de terça-feira (2) suspeito de assaltar três estabelecimentos comerciais em Passo Fundo
O padre foi preso na noite de terça-feira (2) suspeito de assaltar três estabelecimentos comerciais em Passo Fundo
(Foto: )

Um padre foi preso na noite de terça-feira (2) suspeito de assaltar três estabelecimentos comerciais em Passo Fundo, no Norte do Rio Grande do Sul. Conforme a polícia, os roubos aconteceram em dois mercados e uma farmácia.

> Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

Ainda conforme a polícia, todos os assaltos foram cometidos por um homem que tinha as mesmas características e conduzia o mesmo veículo. Após buscas, o homem foi localizado e identificado como padre Elizeu Moreira, que atua em Tapejara, na Diocese de Passo Fundo e é natural de Ciríaco. 

Com o suspeito, foram encontrados uma pistola falsa e uma mochila com um boné vermelho, que ele estava usando nos roubos, além de R$ 655 em dinheiro, produtos alimentícios e de higiene, informou a polícia.

Segundo a advogada Maura Leitzke, o padre faz uso de medicamentos psiquiátricos desde o ano passado. Nas semanas anteriores ele teria interrompido, voluntariamente, o tratamento, o que, segundo a defensora, influenciou para que tivesse um surto psicótico.

> Homem é morto com golpes de faca na frente da própria casa em Blumenau

O bispo da Arquidiocese de Passo Fundo, Dom Rodolfo Luis Weber informou que o padre será suspenso provisoriamente das funções até que os fatos estejam esclarecidos. 

— Extremamente triste poder ter que anunciar e conviver com esse fato ainda mais contando de uma pessoa que tem uma preparação adequada, teve todo um processo de formação e a chegar a realizar essas atitudes. Então é muito chocante, é muito triste e nos causa profunda dor. Na sua missão interna da igreja como padre a nossa tarefa é também saber averiguar o que aconteceu — explicou.

Colunistas