nsc
dc

Susto

Parte de plataforma de pesca interditada desaba e cinco são resgatados em Balneário Rincão

Acesso à estrutura está proibido desde maio de 2015, mas os pescadores continuam utilizando o local

13/09/2020 - 08h30 - Atualizada em: 13/09/2020 - 10h34

Compartilhe

Lariane
Por Lariane Cagnini
plataforma
Estrutura de 500 metros de extensão está comprometida
(Foto: )

Parte da Plataforma de Pesca Entremares, mais conhecida como a Plataforma Sul de Balneário Rincão, desabou na manhã deste domingo (13). Segundo o Corpo de Bombeiros, cinco homens precisaram ser resgatados com o uso de uma escada, pois não conseguiam descer do local. A construção está interditada desde maio de 2015, por apresentar risco aos usuários. 

Saiba como receber notícias do NSC Total no WhatsApp

Mesmo com a proibição, pescadores ignoram o alerta e utilizam o local. A passarela de acesso foi removida, mas os usuários improvisam maneiras de subir. Os Bombeiros de Içara foram chamados por volta das 6h para retirar os pescadores, e ninguém se feriu.

Por dentro de um laboratório de produção de vacina

A plataforma foi inaugurada na década de 1990 e possui 500 metros de extensão. Durante anos, foi mantida por uma associação de pescadores, porém sem os devidos investimentos na manutenção, o local passou a apresentar rachaduras nos pilares e outros problemas estruturais. 

Em 2016, a Justiça determinou a transferência de posse do local para a União, já que a estrutura foi edificada sobre área federal e de preservação permanente, sem autorização ou concessão de licença ambiental para implantação ou operação da associação. 

O engenheiro agrimensor da prefeitura de Balneário Rincão, Anderson Douglas, disse que apesar de toda sinalização na área, interdição e demolição da passarela de acesso, os pescadores insistiam em utilizar o local.

- A parte onde era o antigo restaurante, parte inicial, provavelmente será derrubada. A parte interna, dentro do mar, fica dessa forma pois precisaria de outro tipo de estudo para fazer essa demolição - explica.

plataforma
Parte da plataforma desabou na manhã deste domingo
(Foto: )

Colunistas