A segunda edição da Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina) Itinerante se encerrou nesta quarta-feira (5), em Joinville. Com o objetivo de aproximar as decisões do legislativo da população, o evento possibilitou a oportunidade para 27 entidades apresentarem seus projetos e necessidades.

Continua depois da publicidade

Veja fotos do segundo dia de evento:

Fernando Krelling (MDB), Deputado Estadual, durante sua participação na CBN Joinville, comentou sobre a segunda edição da Assembleia.

— É um orgulho a Assembleia estar na cidade de Joinville. Muitas vezes acontece que as entidades procurem isoladamente os deputados. São 40 deputados estaduais. O deputado começa a correr de uma forma individual. Quando vem uma apresentação para todos, a gente começa a trabalhar no coletivo as pautas apresentadas — explica Krelling.

O Deputado Marcos José de Abreu (PSOL), mais conhecido como Marquito, responsável por presidir a Comissão de Turismo e Ambiente, falou sobre o Dia Mundial do Meio Ambiente e o acidente na Serra Dona Francisca, que aconteceu em 29 de janeiro.

Continua depois da publicidade

— A pauta ambiental, ou as consequências da ausência de políticas de proteção ambiental, elas estão chegando como consequências trágicas na vida de todo mundo. As ações individuais, coletivas e de responsabilidade do poder público e da iniciativa privada, elas são cada vez mais necessárias nesse momento. É possível encontrar tecnologias para mitigar e para convivência com esses eventos climáticos, mas vai precisar de muita convergência da sociedade como um todo — explica Marquito.

Para neutralizar as emissões de carbono geradas pela Assembleia, o Programa Alesc Sustentável iniciou uma ação nesta quarta-feira (5), em Joinville. Os deputados foram responsáveis por plantar algumas árvores na Expoville, homenageando o Dia Mundial do Meio Ambiente.

Terceira edição do evento acontecerá em Criciúma

Entre os dias 9 e 10 de julho, a terceira edição da Alesc Itinerante será realizada em Criciúma. A primeira edição aconteceu em Blumenau no início de maio, onde 25 entidades se manifestaram em tribuna e 57 matérias foram aprovadas no plenário.

Conforme o Deputado Ivan Naatz, essa é uma oportunidade única para o município, já que as regiões podem conversar diretamente com os parlamentares sem precisar ir a Florianópolis.

Continua depois da publicidade

— É uma experiência inédita da Assembleia, que eu acho que vai virar calendário oficial, e a resposta que nós temos recebido da sociedade é muito positiva, muito importante. Nós aproveitamos esse espaço aqui para discutir as pautas que são de interesse da região. Estamos ganhando experiência. Todas essas passagens vão deixando o processo mais perfeito — conta Naatz.

Além de Criciúma, a Alesc Itinerante também vai passar por Lages (29 e 30 de outubro) e Chapecó (12 e 13 de novembro).

Leia também

Primeiro dia da Alesc Itinerante em Joinville reúne pautas regionais e municipais

Vítimas de queda de avião em SC são veladas e sepultadas em MG

Em parceria, cervejaria de SC vai lançar linha de carnes nobres

Destaques do NSC Total