nsc
hora_de_sc

Saudades

Paulo Gustavo recebe homenagem em programação especial do Multishow

Morte do comediante, vítima da Covid-19, completa um ano nesta quarta-feira (4)

04/05/2022 - 10h09

Compartilhe

Folhapress
Por Folhapress
Artista morreu aos 42 anos, após quase dois meses internado no Rio
Artista morreu aos 42 anos, após quase dois meses internado no Rio
(Foto: )

Nesta quarta-feira (4), se completa um ano da morte do humorista Paulo Gustavo (1978 - 2021) e para homenagear o artista o canal Multishow fará uma programação especial com conteúdos voltados ao ator, que faleceu por complicações causadas pela Covid-19.

> Saiba como receber notícias de Santa Catarina no WhatsApp

Na televisão, a programação das homenagens começa cedo, às 7h da manhã. Serão exibidas pílulas especiais com a família e os amigos do artista, contando histórias inéditas. Nomes como Thales Bretas, Luciano Huck, Angélica, Fil Braz, Preta Gil, Fiorella Mattheis, Didi Wagner e Carol Trentini farão parte.

Posteriormente, a partir das 12h30, será exibida uma maratona de episódios dos humorísticos "Vai que cola", "220 volts", "A vila" e "Ferdinando show", tendo uma duração de seis horas. Às 21h15, o canal vai apresentar um episódio especial do "Vai Que Cola", chamado "O Grande Golpe do Valdo".

Artista morreu aos 42 anos, após quase dois meses internado no Rio
Artista morreu aos 42 anos, após quase dois meses internado no Rio
(Foto: )

Paulo Gustavo morreu aos 42 anos, após quase dois meses internado em um hospital da zona sul do Rio, devido a complicações da Covid. Antes da confirmação da morte, a equipe médica já tinha classificado seu quadro como irreversível.

Na manhã desta terça (3), o dermatologista Thales Bretas, 34, foi tomar café da manhã com Ana Maria Braga, 73, no programa Mais Você (Globo) e relembrou o ator. "Foram os dias mais terríveis da minha vida. Ele tinha muito medo e muita lucidez ao mesmo tempo. Ele chegou a me perguntar: 'Eu vou morrer? Ou você acha que eu posso sair?", disse.

O médico ainda diz que, apesar de tentar explicar para seus filhos –Romeu e Gael– a morte do ator, eles ainda não entendem. Ao longo do programa, Ana Maria e Bretas relembraram momentos especiais do ator e da vida do casal, como a Lua de Mel, viagens que os dois fizeram juntos e até mesmo o momento em que o médico jogou as cinzas do ator em Nova York. "[Com ele] era sempre uma festa", disse ele.

Leia mais: 

Dayane é a primeira eliminada da temporada de No Limite

Ônibus sofre pane e 18 crianças ilhadas são resgatadas pelos bombeiros em Pomerode

Câmara aprova lei Henry Borel, que aumenta pena para crimes contra menores

Colunistas