nsc
hora_de_sc

Acidente

PM atropelado em Florianópolis passa por cirurgia após lesões no braço e nas costelas

Sargento de 50 anos foi atingido por um carro e arremessado contra a fachada de uma loja no bairro Estreito, na Capital

20/09/2021 - 17h43 - Atualizada em: 20/09/2021 - 20h28

Compartilhe

Jean
Por Jean Laurindo
Sargento foi atropelado e arremessado contra fachada de loja no Estreito
Sargento foi atropelado e arremessado contra fachada de loja no Estreito
(Foto: )

O policial militar atropelado na manhã desta segunda-feira (20) em Florianópolis passou por uma cirurgia no braço por causa da lesão sofrida com o impacto do acidente. Ele também teve quatro costelas fraturadas, segundo informação da PM.

Previsão indica temporal com raios, granizo e agitação marítima em SC; veja em quais regiões

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O sargento de 50 anos foi atingido por um automóvel Ágile e arremessado a cinco metros de altura, contra a fachada de uma loja no bairro Estreito, na região continental de Florianópolis. Ele estava fardado e de serviço quando foi atropelado.

Ele foi conduzido ao Hospital Celso Ramos, no Centro da Capital. A instituição não repassou informações sobre o estado do policial até a publicação desta reportagem.

O tenente-coronel Dhiogo Cidral, comandante do 22º Batalhão de Polícia Militar, informou que o sargento teve quatro costelas fraturadas e passou por uma cirurgia em função de uma lesão com corte sofrida no braço. Segundo ele, os danos só não foram maiores porque policiais que fizeram o primeiro atendimento contiveram o sangramento.

– O trauma foi bem severo. Ele ainda está em atendimento, mas o quadro é estável, ainda que inspire cuidados – afirmou.

O caso é tratado como acidente de trânsito com vítima. A suspeita inicial é que o motorista tenha sofrido um mal súbito, o que ocasionou o acidente. No entanto, um inquérito policial deve ser aberto para apurar as causas da ocorrência.

A Polícia Civil informou na noite desta segunda-feira que o caso deverá ter investigação militar.

Leia também

Radares fixos nas rodovias estaduais de SC são necessários, segundo polícia rodoviária

PM é atropelado e arremessado a 5 metros em Florianópolis

Túnel da Lagoa em Florianópolis tem prós e contras; saiba quais

Colunistas