nsc
dc

Dia da Mulher

Podcast: jovens analisam como é ser mulher em 2020

Representantes de uma geração que nasceu depois do ano 2000 apontam questões ainda enfrentadas

07/03/2020 - 09h30 - Atualizada em: 07/03/2020 - 10h19

Compartilhe

Marina
Por Marina Martini Lopes
Fátima, Isabel e Laís
Fátima, Isabel e Laís
(Foto: )

Isabel Maria Francisco Ribeiro, 19 anos, Fátima Mohamed Osman Adam Mohamed, 19 anos, e Laís Tormes, 17 anos, são representantes de uma geração de mulheres que já nasceram depois do ano 2000 — as quase duas décadas de vida dessas jovens coincidem com um período em que a discussão sobre o papel da mulher na sociedade se universalizou, provocando tanto mudanças quanto polêmicas. Se os nascidos nas décadas anteriores — 1960, 1970, 1980 — já eram adultos quando viram termos como "machismo" e "feminismo" ganharem corpo e espaço no debate público, quem tem algum ano do século XXI na certidão de nascimento já se acostumou desde criança a entender e questionar, afinal, do que se trata tudo isso.

Leia também: Jovens nascidas nos anos 2000 analisam como é ser mulher no século XXI

Confira um bate-papo com essas jovens mulheres nascidas nos anos 2000 que analisam como é ser mulher no século XXI.

Ouça:

Colunistas