nsc
santa

Segurança

Polícia encontra mais de R$ 4 milhões na casa de homem assassinado em perseguição em Porto Belo

Os policiais se uniram e contaram o dinheiro por mais de três horas

17/04/2021 - 18h13 - Atualizada em: 17/04/2021 - 18h23

Compartilhe

Cláudia
Por Cláudia Morriesen
foto mostra várias notas de dinheiro, entre reais, euro e dólares
Um parente do homem assassinado estava saindo da casa dele com uma mala cheia de euros, dólares e reais
(Foto: )

O homem que foi assassinado após uma perseguição em um posto de gasolina em Porto Belo tinha mais de R$ 4 milhões em casa, segundo uma apreensão feita pela Polícia Civil e pela Polícia Militar neste sábado (17). Carlos Cezar Favero da Silva, 52 anos, foi morto na tarde de sexta-feira (16), quando foi perseguido em seu carro por outras duas pessoas armadas, que fugiram depois do crime. 

> Receba todas as notícias do Vale do Itajaí no seu WhatsApp. Clique aqui.

Durante as conversas da Polícia Civil com os parentes de Cesar, ainda no local, um dos familiares entrou no carro que ele dirigia e retirou de lá uma pochete. Quando foi solicitado, o homem negou-se a entregar o objeto para os policiais verificarem. A polícia apreendeu o celular da vítima, que também estava dentro do carro. 

Em consulta ao sistema, foi confirmado que a vítima já havia cumprido pena por tráfico de drogas, assim como dois dos seus familiares que estavam no local e haviam conversado com a polícia. Diante da evidente fraude processual, a Delegada de Polícia representou pela expedição de mandado de busca e apreensão na casa de Cezar, enquanto uma equipe de policiais civis efetuava campana nas proximidades da residência. 

Ao chegarem na casa, encontraram o parente da vítima que havia retirado os objetos do veículo no local do crime saindo do local. Ele foi abordado e, no interior do carro, foram apreendidos telefones celulares, uma pistola .380 municiada, a pochete de Cezar, bolsas e uma mala cheia de dinheiro.

Os policiais civis contaram o dinheiro da apreensão por mais de três horas. Foram apreendidas notas em dólares, euro e reais, totalizando R$ 4.1 milhões. Na mala havia R$ 528.209, $ 643.035 e € 1200. 

Diante da apreensão, o homem que estava no local, um jovem de 21 anos, foi preso em flagrante pelos crimes de fraude processual e porte ilegal de arma de fogo. Um inquérito policial será instaurado para apurar o crime de lavagem de dinheiro. 

De acordo com as informações obtidas até o momento, a suspeita é que o assassinato de Cezar teria ocorrido por acerto de contas relacionado ao tráfico de drogas. As investigações continuam para apurar a autoria do homicídio e a origem dos valores apreendidos. 

Leia também

> Pai mata a própria filha e tenta assassinar mais quatro familiares em Rodeio

> Dr. Honesto volta a ser alvo de ladrão na BR-470: "olhou até o vencimento dos produtos"

> Assassinato de jovem choca a pacata cidade de Rodeio, no Médio Vale: "parece mentira"

Colunistas