A Polícia Civil investiga se o corpo encontrado em uma área de mata no bairro Paranaguamirim, em Joinville, é de uma pessoa que já estava desaparecida. O cadáver estava enterrado e foi encontrado na tarde desta terça-feira (20) com a ajuda de um cão farejador.

Continua depois da publicidade

Acesse para receber notícias do Norte de Santa Catarina pelo WhatsApp

O delegado Rodrigo Vicentini de Campo informou à reportagem do A Notícia que investigava o caso de uma pessoa desaparecida há cerca de 20 dias quando recebeu uma informação anônima de que um corpo poderia estar enterrado na região.

Conforme o investigador, o local é coberto por mata e tem uma longa extensão. Por isso, os bombeiros voluntários cederam o cão de faro Duff-01, que conseguiu encontrar o corpo. 

Continua depois da publicidade

— Foi essencial [as buscas do cão farejador] e ressalto que a localização [do corpo] foi um trabalho de excelência da Delegacia de Homicídios e de toda a equipe de investigação — destaca o delegado.

Além disso, os policiais também contaram com a ajuda da Prefeitura de Joinville, que cedeu uma retroescavadeira para que as equipes pudessem desenterrar o cadáver encontrado no local. 

Investigações continuam após corpo ter sido encontrado

Vicentini explica que casos de desaparecimentos são muito distintos um dos outros e, por isso, costumam ser encaminhados para diferentes delegacias, de acordo com a região.

Porém, em casos que há indícios de homicídio ou outros crimes dolosos contra a vida, a investigação passa a ser responsabilidade da delegacia especializada. 

Continua depois da publicidade

Quando a informação anônima de que um corpo estaria no local foi recebida, o delegado trabalhava na apuração de um caso de desaparecimento ocorrido há 20 dias. Entretanto, Vicentini ressalta que ainda não é possível confirmar se o cadáver encontrado corresponde ao mesmo caso.

Perícias estão sendo realizadas pela Polícia Científica e devem indicar a causa da morte, a identidade da vítima e data da morte. As investigações para apurar o desaparecimento continuam.

Leia também

Esquema ilegal de venda de celulares é desvendado pela PF em SC

VÍDEO: Câmera flagra casal de idosos fazendo compras com cartões furtados em SC

Homem é preso após apedrejar, estuprar e arremessar mulher de ponte em riacho de SC

Destaques do NSC Total