nsc
    hora_de_sc

    Trânsito

    Em Florianópolis, ponte Colombo Salles fecha para obra emergencial, e Pedro Ivo opera com 2 sentidos

    Previsão é de que bloqueio seja mantido até segunda-feira

    27/06/2020 - 08h43 - Atualizada em: 27/06/2020 - 11h21

    Compartilhe

    Por Guilherme Simon
    Kadu
    Por Kadu Reis
    Desvio na ponte Colombo Salles em Florianópolis
    Ponte está fechada para o tráfego de veículos desde o início da manhã deste sábado
    (Foto: )

    A ponte Colombo Salles, em Florianópolis, está fechada para o tráfego de veículos desde o início da manhã deste sábado (27), para obra de recuperação num dos blocos da estrutura. O trânsito da saída da Ilha foi desviado para duas faixas da ponte Pedro Ivo, que opera em dois sentidos.

    Conforme a Secretaria de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, responsável pela operação, a previsão é de que a mudança seja mantida até a segunda-feira (29), às 5h.

    O fechamento da Colombo Salles ocorreu por volta das 7h deste sábado. Por cerca de 10 minutos, a saída da Ilha de Santa Catarina chegou a ficar bloqueada, para o início da operação de desvio, o que gerou filas.

    A situação é acompanhada pela Polícia Militar e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), presentes nas cabeceiras insular e continental.

    O bloqueio da ponte Colombo Salles foi feito com cones. Eles impedem que os motoristas acessem a estrutura e o conduzem para a ponte Pedro Ivo Campos. Na Pedro Ivo, os cones também fazem a divisão entre as pistas na faixa central.

    Lentidão na Avenida Gustavo Richard em Florianópolis
    Início da manhã teve lentidão na Av. Gustavo Richard
    (Foto: )

    Comandante do 4ºBPM, o tenente-coronel Dhiogo Cidral reforça que os motoristas tenham atenção ao trafegar pelo trecho e diminuam a velocidade, sobretudo na entrada e na saída da ponte, onde estão os desvios.

    A situação do trânsito é acompanhada pela PRF e pela PM, tanto no continente, na Via Expressa, quanto na saída da Ilha de Santa Catarina, já que há previsão de formação de filas.

    Caso haja a necessidade, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Mobilidade informou que a Ponte Hercílio Luz poderá ser utilizada para auxiliar na fluidez do trânsito.

    Laudo apontou necessidade de recuperação emergencial

    A obra de recuperação emergencial da Colombo Salles e da Pedro Ivo, no acesso à Ilha, iniciou no dia 1º de junho, após um laudo técnico apontar a deterioração dos blocos de sustentação das pontes.

    As intervenções serão feitas em três blocos em cada ponte, começando pela Colombo Salles. Na Pedro Ivo, as intervenções estão previstas para começar em agosto.

    O desvio é necessário para fazer as perfurações nos blocos. Neste fim semana, o trabalho está concentrado no bloco 4 da ponte Colombo Salles.

    Segundo o secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, este era o bloco mais comprometido da estrutura.

    O tratamento emergencial dos blocos será realizado com a técnica de reforço com barras dywidag (protensão com barras de aço especiais). Com as novas barras, a capacidade resistente de cada bloco será aumentada e as cargas atuantes na ponte serão transmitidas às estacas de fundação. O cronograma para a conclusão da obra é de seis meses.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas