nsc
an

Pandemia

Dez postos de saúde de Joinville serão fechados para remanejar profissionais a atendimentos de Covid-19

Dois Pronto-atendimentos da cidade foram fechados para se transformarem em hospital "de campanha". Situação atual da cidade é de 100% de ocupação das UTIs

12/03/2021 - 16h16 - Atualizada em: 12/03/2021 - 16h32

Compartilhe

Patrícia
Por Patrícia Della Justina
Duas unidades de Pronto-atendimento foram fechadas para atuação enquanto hospitais "de campanha"
Duas unidades de Pronto-atendimento foram fechadas para atuação enquanto hospitais "de campanha"
(Foto: )

Joinville atingiu 100% de lotação nas UTIs nesta sexta-feira (12) e o alto número de pessoas atendidas nas unidades de saúde levou a Secretaria da Saúde da cidade a tomar medidas mais drásticas para conseguir atender a população. Dez postos de saúde serão fechados para remanejar profissionais para atendimento de internados com Covid-19. A medida a toque de caixa deve durar 60 dias. 

> Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

O secretário da Saúde, Jean Rodrigues, reforça que a situação da cidade é grave. São mais de 60 pessoas aguardando por leito de UTI, sendo Covid e outras situações, além de 25 pessoas esperando transferência para leito de enfermaria. 

Dentre as mudanças adotadas no município, a partir dessa sexta-feira a Unidade de Pronto-atendimento (UPA) Sul passa a funcionar como um hospital de campanha, recebendo apenas pacientes com sintomas respiratórios encaminhados de outras unidades. O mesmo modelo de atendimento está sendo praticado desde a última semana na UPA Leste, no bairro Aventureiro.

Para dar suporte como retaguarda para as UPAs, estão sendo mobilizadas as estruturas físicas e as equipes da Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs). As UBSFs Costa e Silva (rua Comandante Telles de Mendonça, 65) e Aventureiro III (rua Santa Luzia, s/n) estão funcionando como retaguarda para as regiões Norte e Leste, com horário de funcionamento das 7h às 22h. 

Devido ao elevado volume de atendimentos, a UPA Sul contará com duas unidades de retaguarda. A UBSF João Costa (rua José Fernandes Dias, 129) atenderá 24 horas por dia os pacientes que não apresentam sintomas respiratórios e a UBSF Boehmerwald (rua Universidade, 377) funcionará das 7h às 22h, exclusivamente para pacientes com sintomas respiratórios.

Para dar suporte à demanda de atendimento durante o fim de semana, as Unidades Básicas de Saúde da Família Costa e Silva e João Costa terão expediente no sábado e no domingo.

Dez postos de saúde desativados 

Em função do remanejamento de servidores para dar suporte aos atendimentos emergenciais, dez UBSFs estão sendo temporariamente desativadas. São elas: Adhemar Garcia, Ilha, Lagoinha, Nova Brasília, Parque Guarani, Parque Joinville, Profipo, Rio do Ferro, Santa Bárbara e Vila Paranaense. 

Segundo a prefeitura, esta medida é em caráter emergencial e temporário para que as equipes de profissionais possam ser direcionadas para garantir o atendimento de pacientes com quadros graves. O secretário da Saúde reforça que os profissionais terão as mesmas atribuições técnicas nos atendimentos. 

- Nós estamos fazendo todo o possível para que os pacientes sejam atendidos, recebendo o cuidado e a assistência que necessitam - esclarece o secretário.

Leia mais:

> Joinville contrata 44 médicos plantonistas de forma emergencial; continua procura por intensivistas

> Prefeitura de Joinville quer aval para entrar em consórcio para compra de vacinas

> Joinville recebe mais 2,8 mil doses da vacina contra a Covid-19 nesta semana

Colunistas