nsc
dc

Combustíveis

Preço da gasolina e do diesel terá aumento a partir desta quarta, diz Petrobras

Segundo a empresa, gasolina terá alta de 4,85%, e diesel de 8,08%

11/01/2022 - 12h34 - Atualizada em: 11/01/2022 - 15h47

Compartilhe

Redação
Por Redação DC
Último aumento dos combustíveis foi anunciado em outubro do ano passado
Último aumento dos combustíveis foi anunciado em outubro do ano passado
(Foto: )

A Petrobras anunciou nesta terça-feira (11) que vai reajustar os preços da gasolina e do diesel a partir de quarta. Segundo a empresa, o preço médio de venda da gasolina da estatal para as distribuidoras passará de R$ 3,09 para R$ 3,24 por litro, o que representa um aumento de 4,85%. O valor do diesel vai subir de R$ 3,34 para R$ 3,61 por litro, alta de 8,08%. 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O último ajuste nos preços foi feito em dezembro do ano passado, quando houve uma redução no valor da gasolina de 3,13%. Foi a primeira queda desde 12 de junho. Já o último aumento foi anunciado em outubro do ano passado. 

— Esses ajustes são importantes para garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras: distribuidores, importadores e outros produtores, além da Petrobras — informou a estatal em comunicado divulgado nesta terça.

Gasolina em SC tem maior alta em 15 anos 

O preço médio da gasolina em Santa Catarina aumentou 41% em 2021. Na primeira pesquisa do ano passado, com dados até 2 de janeiro, o combustível custava R$ 4,59 no Estado. Já o levantamento mais recente, com dados até 1º de janeiro de 2022, aponta que um ano depois o litro agora custa R$ 6,48, na média dos postos catarinenses. Os números são das pesquisas da Agência Nacional do Petróleo (ANP).

O aumento da gasolina em SC acompanha o preço nos outros estados. Fatores como a alta do dólar e do petróleo no mercado internacional puxaram o valor do combustível em 2021. Na média nacional, o combustível subiu 46%, também segundo os dados da ANP. 

*Com informações de G1

Leia também

Conta de luz deve ser a vilã dos preços em 2022; veja previsões

SC pode ter 2022 com mais empregos e queda de preços, dizem especialistas​

SC tem quatro cidades entre as mais ricas do país; saiba quais

Colunistas