nsc
    santa

    Pandemia

    Primeiro caso de variante amazônica da Covid-19 é confirmado no Vale do Itajaí

    Moradora do Amazonas estava hospedada em Rio do Sul e ficou internada no Hospital de Ibirama

    22/02/2021 - 17h00 - Atualizada em: 23/02/2021 - 12h12

    Compartilhe

    Augusto
    Por Augusto Ittner
    Hospital onde a mulher ficou internada, em Ibirama.
    Hospital onde a mulher ficou internada, em Ibirama.
    (Foto: )

    Foi confirmado pelo governo do Estado o primeiro caso da variante amazônica da Covid-19 no Vale do Itajaí. Trata-se de uma mulher de 54 anos, moradora de Humaitá (AM), cidade que fica próximo à divisa com Rondônia, a 700 quilômetros de Manaus, no Norte do país. Ela estava hospedada em Rio do Sul no mês de janeiro quando apresentou os primeiros sintomas e procurou a Unidade de Pronto Atendimento na cidade.

    > Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

    De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica do Estado (Dive-SC), ela teve de ser internada e foi transferida para o Hospital Dr. Waldomiro Colautti, em Ibirama. A amostra coletada do vírus foi encaminhada pelo Laboratório Central (Lacen) à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), que fez o sequenciamento genético e identificou a variante chamada de “P.1”.

    A paciente já teve alta hospitalar.

    Esse já é o quinto caso importado confirmado da variante amazônica da Covid-19 em Santa Catarina, porém o primeiro na região. Dos outros diagnósticos confirmados, dois foram em Joinville (homens de 71 e 55 anos) e dois em Florianópolis (homem de 69 anos e mulher de 64). Desses, três são moradores do Amazonas que estavam no Estado.

    Todos, assim como a paciente de Humaitá (AM), foram tratados e deixaram o hospital. 

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas