nsc
santa

publicidade

Cirurgia

Primeiro transplante duplo de coração e rim é feito em Santa Catarina

Operação ocorreu neste domingo no Hospital Santa Isabel, em Blumenau, e teve apoio de helicópteros dos bombeiros para transporte ágil

16/09/2019 - 14h13 - Atualizada em: 16/09/2019 - 20h14

Compartilhe

Lucas
Por Lucas Paraizo
Paciente recebeu primeiro o coração e, duas horas depois, o rim
(Foto: )

Pela primeira vez, um transplante duplo de coração e rim foi feito em um paciente em Santa Catarina. Em uma corrida contra o tempo para viabilizar a compatibilidade dos dois órgãos, equipes da SC Transplantes, do Hospital Santa Isabel (de Blumenau) e do Corpo de Bombeiros conseguiram o sucesso da operação neste domingo (15).

Os transplantes ocorreram em Blumenau, no Hospital Santa Isabel, em uma paciente que sofria de insuficiência renal. Responsável pelo transplante do coração, o médico Frederico di Giovanni explica que a mulher inicialmente precisava apenas de um transplante de rim, mas em uma bateria de exames foi descoberta também uma insuficiência cardíaca grave.

— Se ela fizesse só o transplante renal, poderia não sobreviver ao pós-operatório por causa da insuficiência cardíaca. Se fizesse só o transplante do coração, seria perigoso voltar para a hemodiálise depois de transplantada. Por isso tinha que ser um transplante duplo — conta o cirurgião.

Com a possibilidade de transplantar o coração e o rim de um mesmo doador para a paciente neste domingo, a operação começou pela manhã. Por volta das 10h o transplante do coração começou em Blumenau e, enquanto isso, bombeiros levaram linfonodos para testes de compatibilidade do rim em um laboratório em Florianópolis.

O transporte foi feito pelo helicóptero Arcanjo 01, que foi até Governador Celso Ramos e entregou o material para a equipe do Arcanjo 03, que seguiu até a Capital. Se fosse feito de carro, o processo levaria horas e atrasaria o segundo transplante.

Com os exames feitos, o transplante cardíaco terminou no meio da tarde e, duas horas depois, a operação do rim foi feita, terminando por volta da meia-noite desta segunda-feira. Segundo di Giovanni, a paciente passa bem.

Confira no vídeo dos bombeiros do Arcanjo 01 e 03 momentos do transporte dos materiais para os exames de compatibilidade:

Leia as últimas notícias do NSC Total

Ainda não é assinante? Assine e tenha acesso ilimitado ao NSC Total, leia as edições digitais dos jornais e aproveite os descontos do Clube NSC

Deixe seu comentário:

publicidade