nsc

Serviço

Procon de Florianópolis notifica Celesc por demora na volta da energia elétrica

Concessionária desloca equipes para áreas mais atingidas por estragos provocados por ciclone

04/07/2020 - 10h02 - Atualizada em: 04/07/2020 - 12h50

Compartilhe

Leandro
Por Leandro Lessa
Celesc possui monitoramento online do abastecimento de energia elétrica em SC
Celesc possui monitoramento online do abastecimento de energia elétrica em SC
(Foto: )

O Procon de Florianópolis aplicou uma notificação à Celesc por causa da demora no reabastecimento total de energia na cidade, após o ciclone. A concessionária, que considera o evento como o maior dano da história na rede elétrica catarinense, alega que já está repassando informações para o órgão municipal. O prefeito Gean Loureiro se reuniru com a diretoria da empresa para pedir providências sobre o retorno do serviço. 

Em entrevista ao programa Estúdio CBN Diário, a Celesc confimou que deslocaria equipes de outras regiões para finalizar o reestabelecimento de energia. Com participações pelo Whatsapp da CBN Diário 48 99181 3800, ouvintes relataram problemas após mais de três dias sem luz em Florianópolis. Até às 11h deste sábado (4), 97 mil unidades consumidoras estavam ainda sem o fornecimento. 

- Nesse momento, recuperamos aproximadamente 97% de todo o sistema elétrico. Esses 3% restantes são unidades tem uma linha de baixa tensão rompido ou o transformador foi queimado. As equipes continuam trabalhando, e não vamos parar até a volta da energia elétrica em todas as unidades - declarou o presidente da Celesc, Cleicio Poleto Martins, em depooimento a Mário Motta no Notícia na Manhã deste sábado. 

Confira a entrevista completa:

Sobre os pontos mais complicados, a concessionária admite que os trabalhos podem atravessar o início da próxima semana. Em Florianópois, com cerca de 15 mil imóveis sem energia, quase todos os postes tombados pelo vendaval foram reerguidos. Equipes foram destinadas para outras áreas, de acordo com a demanda. Uma força-tarefa foi montada para a região de Mafra e o Meio-Oeste, principalmente para o atendimento à zona rural. 

Para informar sobre a falta de energia elétrica, a Celesc disponibiliza os seguntes contatos:

- aplicativo da Celesc na App Store

- aplicativo da Celesc no Google Play

Nestes canais, é preciso clicar no botão “relatar falta de energia”.

Outra opção é pelo site da Celesc, clicar no ícone “Sem Luz” e inserir unidade consumidora e CPF/CNPJ.

O consumidor pode ainda enviar SMS para 48196, com a mensagem SEM LUZ e o número da unidade consumidora. A Celesc disponibiliza também o número de emergência 0800 48 0196. Porém, devido ao rompimento do cabo de fibra ótica que atingiu o sistema de telecomunicação da empresa, pode haver atraso no atendimento por causa da alta demanda.

Outra informação repassada pela companhia é de que, em alguns casos, parte dos consumidores pode estar com a rede energizada, mas sem o serviço em outros imóveis na mesma localidade. Isso acontece quando o alimentador é recuperado, mas alguns transformadores ainda apresentam problemas. Nessa situação, o consumidor deve novamente registrar a falta de luz utilizando um dos canais da Celesc.

Colunistas