nsc
dc

Polícia

Professor suspeito de assédio sexual contra 14 alunas é afastado em SC

Segundo as investigações, além de passar a mão nas vítimas, o homem também chegou a prejudicá-las na escola

29/09/2021 - 05h00

Compartilhe

Por Luana Amorim
Investigaçõs começaram após mãe de uma das alunas denunciar o caso
Investigaçõs começaram após mãe de uma das alunas denunciar o caso
(Foto: )

A Polícia Civil indiciou um professor de 40 anos por supostamente ter assediado sexualmente 14 alunas no Oeste de Santa Catarina. Ele foi afastado das funções após a finalização do inquérito na sexta-feira (24), de acordo com a Polícia Civil. O caso, porém, só foi divulgado nesta segunda-feira (27).

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Segundo o delegado Rodrigo Moura, as investigações, que foram conduzidas pela delegacia de Modelo, iniciaram após a mãe de uma aluna denunciar o caso. O homem teria passado as mãos nas estudantes, além de colocá-las em situações constrangedoras. 

Além disso, Moura diz que ele ameaçava prejudicar a nota das vítimas caso elas não fizessem o que ele queria. 

— No depoimento, porém, ele negou a intenção sexual dos atos — alega o delegado. 

As vítimas tinham entre 12 e 16 anos e são de diferentes escolas. Para preservar a identidade delas, a polícia não divulgou em qual cidade ocorreu o assédio. Mais de 80 estudantes foram ouvidos durante as investigações que duraram uma semana e tiveram o apoio do Conselho Tutelar. 

O inquérito foi finalizado na sexta-feira quando 13 pessoas haviam denunciado o professor. Porém, após a representação do caso, uma nova vítima procurou a polícia. Apesar do indiciamento, o suspeito não foi preso. 

— Até o momento, só o que a policia representou foi pelo afastamento do investigado de suas funções e a proibição de contato com as vítimas — disse o delegado. 

Leia também: 

Adolescente morto em tiroteio em Florianópolis ia ser pai

Convite para sexo em grupo termina em crime no Vale do Itajaí

Motorista morre após caminhão entrar na área de escape da BR-376 e carga atingir a cabine; veja o vídeo

Colunistas