nsc
    nsc

    Sebrae Acelera Negócios

    Empresa de São Miguel do Oeste aumenta faturamento depois de revisão de metas e melhorias de processos; entenda como

    Diagnóstico dos negócios, plano de ação e consultoria individualizada fazem parte da ferramenta “Como anda sua empresa”, lançada recentemente pelo Sebrae/SC  

    14/01/2021 - 10h18

    Compartilhe

    Estúdio
    Por Estúdio NSC
    Programa do Sebrae/SC ajuda micro e pequenas empresas a retomarem a produtividade e o crescimento pós-pandemia
    (Foto: )

    Conhecer os obstáculos e as causas dos problemas é o primeiro passo para criar estratégias e um plano de ação que melhore os processos e aumentem a produtividade de uma empresa. Sabendo da importância do autoconhecimento e de como nem sempre é fácil para empresários de micro e pequenas empresas realizarem essa jornada, principalmente em anos de crise, como tem sido 2020, o Sebrae/SC lançou o programa “Como anda a sua empresa”.

    Wilson Sanches Rodrigues, que realiza o atendimento ao micro e pequeno empreendedor no Sebrae/SC, explica que o novo programa tem como principal diferencial a ferramenta de diagnóstico – aplicada presencialmente ou remotamente – a qual permite entender as dores e as necessidades de cada negócio. O diagnóstico considera as seguintes áreas: finanças, planejamento, mercado, processos e pessoas.

    – O diagnóstico é feito por meio de questões preestabelecidas, de múltiplas escolhas. Esse formato foi escolhido porque permite focar somente no objetivo do diagnóstico, sem abrir para outras adversidades da empresa. Ao fim dessa primeira etapa, o empreendedor deve fazer uma autoavalição respondendo a perguntas abertas. Nesse momento, a intenção é entender quais os principais desafios da empresa e como o Sebrae pode ajudar – explica Wilson.

    Após o diagnóstico, os dados são computados e é gerado um relatório com pareceres gerais e um relatório específico para cada área avaliada. Em seguida, um consultor especializado apresenta os dados ao empresário, apontando os pontos críticos, que merecem atenção, e identificando os potenciais a serem desenvolvidos. Concluída essa etapa, a empresa estará habilitada para participar do programa Agentes Locais de Inovação (ALI).

    >> Leia também: Empresa do Oeste catarinense aumenta vendas em 127% com reestruturação; Entenda

    Como anda sua empresa: autoajuste dos processos ajuda o empreendedor a rever metas e planejar ações inovadoras

    Reavaliar os processos é fundamental para rever metas, traçar planos e propor melhorias técnicas que permitam o crescimento, a inovação, a busca por novos mercados e o aumento do lucro.

    Neste momento de crise, o Sebrae/SC entendeu que era preciso oferecer ao empresário meios de perceber os problemas e os pontos fortes das empresas, aumentando a eficácia dos processos e, consequentemente, sua competitividade no mercado.

    – Para este momento de crise, foi preciso oferecer ao empresário a possibilidade de perceber todo potencial de sua empresa e extrair dela a sua máxima eficácia, tornando-a mais competitiva. Ao perceber o seu diferencial competitivo, o empreendedor se tornará apto a alcançar novas fatias do mercado – afirma Wilson.

    Algumas micro e pequenas empresas catarinenses já receberam o diagnóstico e implementaram mudanças com a ajuda da consultoria do Sebrae, como é o caso da Sysmo Sistemas, de São Miguel do Oeste, e do restaurante New Fish, de Lages.

    – A empresa sempre trabalhou com planejamento e organização de metas. Embora as metas fossem alcançadas, havia uma dificuldade, pois elas eram tratadas individualmente em cada departamento. Buscamos a consultoria e capacitação do Sebrae/SC, que nos permitiram perceber essas metas de forma global e integrada em toda a empresa. Isso nos ajudou a reduzir os custos de maneira significativa – conta Arismar Schmeier, controler na Sysmo Sistemas, de São Miguel do Oeste.

    – Minha família assumiu os negócios de um restaurante que já existia, do mesmo segmento, mas sentimos que precisávamos inovar. Foi então que procuramos a consultoria do Sebrae/SC, que nos ajudou com o desenvolvimento da nova marca e tivemos cursos de boas práticas com nutricionistas. Hoje temos três restaurantes, com delivery diferenciado. Com a consultoria do Sebrae aumentamos nosso ticket médio e nosso faturamento – comemora Tais Gotardo, gestora do New Fish.

    Wilson complementa, falando da importância do programa “Como anda a sua empresa” para o fortalecimento de empresas neste momento de fragilidade dos negócios e de necessidade de inovação para a retomada efetiva do crescimento nesse novo cenário.

    – Todos os empresários de micro ou pequena empresa deveriam passar por esse programa para conhecerem o grau de gestão e de maturidade da empresa e para compararem seus resultados com outras empresas do mesmo segmento. Assim é possível que reavaliem suas metas e busquem formas de atingir seus objetivos para os próximos anos – sugere Wilson.

    O programa “Como anda a sua empresa” é indicado para MEs EPPs (microempresas e empresas de pequeno porte) e todas as etapas são gratuitas. Para solicitar a participação, é preciso que o empresário se inscreva no site do diagnóstico[MU4] , e o Sebrae/SC entrará em contato.

    Acesse o site e saiba como fazer o diagnóstico empresarial gratuitamente.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Especiais Publicitários

    Colunistas