nsc
an

Comunidade

Projeto social de Joinville quer transformar comunidade em galeria de arte ao ar livre

O projeto Novo Rio Velho deve ajudar 60 famílias da região

29/11/2021 - 10h34 - Atualizada em: 09/12/2021 - 08h02

Compartilhe

Isadora
Por Isadora Nolf
Comunidade Rio Velho, no bairro Paranaguamirim
A comunidade não recebe serviços básicos, como saneamento
(Foto: )

Todo mundo precisa de um pouco de cor na vida, não é mesmo? Sabendo disso, um projeto social Novo Rio Velho, de Joinville, deu início à transformação de diversas casas da comunidade Rio Velho, na zona Sul da cidade, em uma exposição de arte ao ar livre. 

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

A primeira fachada foi decorada pelo artista plástico joinvilense Ademar Cesar e entregue em agosto. Ao longo do projeto, no entanto, outros artistas voluntários também devem contribuir. Além do aspecto decorativo, o projeto também tem como objetivo regularizar a situação imobiliária de 60 famílias moradoras da comunidade. 

O projeto Novo Rio Velho

Idealizado pelo empresário Rafael Weber, o projeto foi lançado no dia 17 de agosto e tem como objetivo trazer fonte de renda, infraestrutura e cultura para a comunidade do Rio Velho por meio de diversas iniciativas. Além da campanha cultural, o projeto já está atrás da instalação de saneamento básico, coleta de lixo e outros serviços básicos para a comunidade. 

Vista aérea da comunidade Rio Velho, em Joinville
Comunidade Rio Velho, no bairro Paranaguamirim, zona sul de Joinville
(Foto: )

O projeto é indepentende e conta com apoiadores e voluntários, além de buscar a parceria com o poder público para viabilizar o fornecimento de certos serviços. A própria Associação de Moradores da Comunidade Rio Velho já está envolvida nas iniciativas; qualquer um pode fazer parte. 

Arte na comunidade

Ademar Cesar, o primeiro artista participante da iniciativa cultural, possui um instituto social e de arte em Joinville e apoia o projeto diretamente. Segundo ele, cada elemento da decoração feita na fachada da Mercearia Silva tem um significado:

  • Círculos - a continuidade e o infinito;
  • Estrela - a esperança;
  • Listras - os contrastes, bem e mal ou certo e errado;
  • Flores - a perpetuação através das sementes;
  • Borboletas - a transformação e a metamorfose.

Fachada da Mercearia Silva, na comunidade Rio Velho
Fachada da Mercearia Silva, na comunidade Rio Velho
(Foto: )

*Sob supervisão de Lucas Paraizo

Leia mais:

Projeto social “Favela Show” une esporte e cultura em Joinville

Como a “fome” de leitura criou um grande escritor em Santa Catarina

Colunistas