nsc
    dc

    Ensino

    Quais são as escolas de Santa Catarina com as melhores notas no Ideb

    Índice pode ser levado em consideração na hora de escolher o local de matrícula; escolas de Joinville lideram no ensino fundamental

    14/01/2020 - 17h21 - Atualizada em: 14/01/2020 - 17h49

    Compartilhe

    Lucas
    Por Lucas Paraizo
    Cristian Edel
    Por Cristian Edel Weiss
    Ideb
    (Foto: )

    O Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) é um dos principais indicadores sobre qualidade de ensino no Brasil. Instituído em 2005, quando a Prova Brasil passou a ser realizada em todas as escolas de ensino fundamental no país, o Ideb tem como base dois fatores: a proficiência dos estudantes na prova e a taxa de aprovação da escola.

    O cálculo torna o Ideb um indicador importante sobre a qualidade das escolas — que pode pesar na hora da matrícula —, mas não é a única maneira de avaliar as instituições e, por isso, deve ser analisado com cuidado. Especialistas apontam que o indicador é importante, mas não avalia todo o processo educacional pelo fato de estar focado em duas áreas na prova do Saeb (Sistema de Avaliação da Educação Básica): português e matemática.

    Doutora em Educação e professora da Furb (Universidade Regional de Blumenau), Cassia Ferri explica que o Ideb é um indicador importante e que pode ser utilizado na hora de escolher uma escola, mas não deve ser o único ponto analisado:

    — É muito limitante olhar só o Ideb. Claro que ele significa algo, tem um peso, mas não pode ser tomado como a única verdade. Se o pai realmente está preocupado com a formação do filho, deve considerar também o projeto pedagógico da escola, se há uma equipe que se preocupa e cuida do processo de aprendizagem e se a escola tem um processo de formação continuada dos professores — avalia.

    Cassia explica que os dois pontos avaliados pelo Ideb são relevantes, mas possuem algumas questões que devem ser relativizadas:

    — Na parte da prova, os resultados são sempre contextuais. Uma prova é realizada em determinado momento, em determinado clima, com ou sem suporte. Todos sabem que na vida acadêmica o resultado de uma prova tem uma série de fatores. Por outro lado, as taxas de aprovação tem outra visão dos processos de avaliação. O aprovar pelo aprovar não significa qualidade, assim como alto índice de reprovação também não é um índice de qualidade — ressalta a professora.

    Em Santa Catarina, o Ideb de 2017 (o mais recente) mostrou um resultado acima da média no país nos anos iniciais do ensino fundamental, mas abaixo do esperado nos anos finais e no ensino médio — mesmo com os números em crescimento em relação ao índice anterior.

    Nos anos iniciais, a melhor nota de Santa Catarina no Ideb foi da Escola Municipal Adolpho Bartsch, em Joinville, seguida por outras duas unidades também de Joinville que fecham o pódio: as escolas municipais Governador Pedro Ivo Campos e Professora Maria Magdalena Mazzolli.

    Escolas de Joinville também se destacaram nas notas dos anos finais do ensino fundamental no Ideb. As quatro primeiras do ranking são unidades de ensino municipais da cidade no Norte catarinense. A melhor nota é da Escola Municipal Pastor Hans Muller. A escola estadual com melhor avaliação tem a 18ª melhor nota: a EEB Deodoro, de Concórdia, no Oeste.

    No ensino médio, onde os resultados em nível nacional são os piores e Santa Catarina também não atingiu a meta, os melhores resultados são de escolas privadas. A nota mais alta no Ideb é do Colégio Bom Jesus Santo Antônio, de Blumenau, seguido pelo Colégio Bom Jesus São José, de São Bento do Sul. A melhor nota de uma escola pública no ensino médio é da Escola Municipal Valentin Bernardi, da pequena cidade de Itá, no Oeste de SC.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Educação

    Colunistas