nsc
    hora_de_sc

    Prazo prorrogado

    Quarentena pelo coronavírus em São José, Palhoça e Biguaçu é mantida até 5 de abril

    Decisão foi tomada em conjunto entre os prefeitos dos três municípios no fim da tarde deste sábado 

    28/03/2020 - 17h45 - Atualizada em: 28/03/2020 - 17h58

    Compartilhe

    Clarissa
    Por Clarissa Battistella
    Secretários de saúde dos três municípios também avaliaram o tema
    Secretários de saúde dos três municípios também avaliaram o tema
    (Foto: )

    As prefeituras de São José, Palhoça e Biguaçu, na Grande Florianópolis, prorrogaram o prazo da quarentena devido ao novo coronavírus até o dia 5 de abril. Dessa forma, as atividades continuam suspensas por mais cinco dias nos três municípios, a contar de 1º de abril. A decisão foi tomada em conjunto pelos prefeitos municipais no final da tarde deste sábado (28). Os três municípios somam uma população de meio milhão de habitantes.

    > Em site especial, saiba tudo sobre o coronavírus

    A decisão, segundo assessoria da prefeitura de São José, tem como objetivo proteger os moradores da região do contágio do Covid-19.

    Após a data pré-estabelecida na reunião, a prefeita Adeliana Dal Pont, de São José, o prefeito de Palhoça, Camilo Martins, e o prefeito de Biguaçu, Ramon Wollinger devem encontrar-se mais uma vez para avaliar a medida.

    Até a próxima terça-feira (31) estão mantidos os serviços essenciais, apenas. No período de prorrogação do prazo, no entanto, podem ocorrer algumas alterações de serviços, que serão informadas mais próximo a data.

    Prefeituras têm autonomia para decidir

    A dúvida que surge para a população é sobre a legalidade da decisão das prefeituras, tendo em vista que o governo de Santa Catarina anunciou que as atividades serão retomadas, progressivamente no estado, a partir de 1º de abril.

    Para o jornal Hora de SC, o advogado publicista e professor de direito administrativo da UFSC, José Sérgio da Silva Cristóvam explicou, ainda na sexta-feira (27), quando a prefeitura de Florianópolis estendeu o prazo de quarentena na Capital até 8 de abril, que do ponto de vista jurídico, não existe, entre as esferas de governo, uma hierarquia quando o assunto é saúde:

    - A Constituição assegura a competência concorrente entre as esferas da União, dos estados e dos municípios, ou seja, todos podem e devem tomar medidas no sentido da salvaguarda da saúde pública.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas