nsc
    dc

    Na linha de frente

    Quatro médicos morreram e 510 foram afastados por coronavírus em SC, diz associação de Medicina

    Duas mortes ocorreram neste fim de semana, em Itajaí e Balneário Camboriú

    04/08/2020 - 04h00

    Compartilhe

    Clarissa
    Por Clarissa Battistella
    Primeiro óbito de médico por coronavírus em SC ocorreu em abril, no Vale
    Primeiro óbito de médico por coronavírus em SC ocorreu em abril, no Vale
    (Foto: )

    Na linha de frente do combate à pandemia, quatro médicos infectados pelo novo coronavírus morreram entre os meses de abril e agosto em Santa Catariana por complicações da doença. Outros 510 precisaram ser afastados do serviço devido a infecção. As informações são da Associação Catarinense de Medicina (ACM).

    Somente no último fim de semana, dois profissionais da saúde que atuavam no Vale do Itajaí, uma das regiões mais afetadas pelo vírus no Estado, perderam a vida: o intensivista Nelson Luiz Barrichello, 71 anos, que atuava no Hospital Marieta Konder Bornhausen, em Itajaí, e a obstetra Vera Lúcia Machado Nunes, 75 anos, de Balneário Camboriú. 

    Além deles, o geriatra Jonas Coelho Lehmkuhl, 56 anos, que atuava no Hospital e Maternidade Tereza Ramos, em Lages, morreu vítima do vírus no dia 25 de julho, e o pediatra Gastão Dias Junior, 52 anos, do Hospital Municipal Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, perdeu a vida em 22 de abril.

    Os números foram repassados à associação pelos órgãos de de saúde do Estado, como, a Coordenação Estadual de Segurança do Paciente (CESP), a Superintendência de Vigilância em Saúde (SUV) e a Secretaria de Estado da Saúde (SES). 

    >Volta dos ônibus interestaduais depende de liberações em municípios e uso de rodoviárias

    - Os óbitos e os casos da doença entre médicos (confirmados ou não) são motivos de imensa preocupação da Associação Catarinense de Medicina, que desde os primeiros pacientes, vem lutando para proteger os profissionais da saúde, com treinamentos, orientações e a garantia de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual), assim como a busca por condições adequadas de trabalho diante da guerra da pandemia - afirmou o presidente da ACM, Ademar José de Oliveira Paes Junior.

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Saúde

    Colunistas