nsc
santa

Infraestrutura

Queda de pontes em Brusque vira piada na web e reforça necessidade de vistorias em estruturas

Prefeito admite que cidade tem histórico negativo com pontes; duas caíram nos últimos 45 dias

11/06/2021 - 12h18

Compartilhe

Talita
Por Talita Catie
Internet tem até apostas sobre qual pode ser a próxima ponte a cair
Internet tem até apostas sobre qual pode ser a próxima ponte a cair
(Foto: )

A queda de mais uma ponte em Brusque virou motivo de piada na internet. Tão logo a estrutura foi ao chão, na manhã de quarta-feira (9), as redes sociais borbulharam de memes sobre o episódio. 

Tanto alvoroço tem explicação: a cidade convive com uma espécie de herança maldita com pontes. Em uma conta rápida, ao menos quatro estruturas apresentaram problemas ao longo dos últimos anos. Uma delas, aliás, ruiu duas vezes.

> Receba todas as notícias de Brusque e região pelo WhatsApp

Tem até enquete on-line sobre qual pode ser a próxima ponte a cair. As apostas são muitas e tem inclusive sugestão para solucionar o problema. “Melhor a prefeitura colocar uma tirolesa”, disse uma internauta. 

Há quem acredite em conspiração. “Tudo faz parte do plano de dominação das capivaras. Na guerra, as pontes são um dos principais alvos bombardeios estratégicos”, sugere outra pessoa na web.

Apesar das brincadeiras, a situação reflete uma preocupação real dos moradores de Brusque. O empresário Eduardo Gomes de Oliveira mora na Rua Ernesto Bianchini, no bairro Guarani, onde a ponte caiu na manhã de quarta-feira (9)

Ele conta que há cerca de duas semanas equipes da prefeitura estiveram no local, mas nenhuma medida de reparo foi feita. Na época, havia um desnível entre a ponte e a rua, o que chegou a provocar acidente. Em um vídeo publicado nesta semana (assista abaixo) é possível ver os 'solavancos' na estrutura.

No trabalho diário com revenda de carros, trafega bastante pela cidade e afirma que outras pontes precisam de uma atenção urgente para que as “profecias” dos internautas não se realizem e traga ainda mais transtorno para os moradores.

— Sabemos que saem muitos memes, mas o povo está preocupado porque como a cidade é cortada por um rio, muitas coisas se resolvem de um lado ou outro da ponte. Então fica essa preocupação nas pessoas de como vai ser daqui pra frente, se vai cair outra, se vão ter que colocar uma balsa para se movimentar dentro da cidade — afirma Eduardo.

Revisão geral

Em entrevista ao Jornal do Almoço, a secretária de Infraestrutura Estratégica de Brusque afirmou que a prefeitura fará uma revisão nas pontes do município. Segundo Andrea Patricia Volkmann, foi solicitado laudo de sete. 

Ela não pontua se alguma é considerada mais crítica, mas uma decisão do munícipio tomada nesta quinta-feira (10) pode dar uma pista.

Foi instalada uma trave de limitação de altura na ponte da Rua Itajaí, entre o mercado Rieg e o Centro Esportivo do Sesi. Agora é permitida apenas a passagem de veículos com até duas toneladas e altura máxima de 2,30 metros.

— Solicitamos que os condutores respeitem a nova sinalização para que não haja danos nem na estrutura instalada e nem nos veículos — apela o diretor de Trânsito e Mobilidade, Renato Bianchi.

Ponte da Rua Itajaí recebeu sinalização limitando a passagem de veículos
Ponte da Rua Itajaí recebeu sinalização limitando a passagem de veículos
(Foto: )

Na manhã desta sexta-feira (11), o governador Carlos Moisés esteve em Brusque acompanhado do secretário de Estado da Defesa Civil, David Busarello. 

Eles viram pessoalmente a ponte caída no bairro Guarani. Durante a visita, se comprometeram em assinar um convênio para a liberação dos recursos necessários à reparação da estrutura. O custo total da obra ainda precisa se levantado, mas a prefeitura acredita que ultrapasse R$ 1 milhão.

O prefeito Ari Vequi fará uma coletiva de imprensa na segunda-feira (14) para falar exclusivamente sobre a situação das pontes na cidade.

Histórico das pontes de Brusque

* Ponte Irineu Bornhausen, no Centro, desabou no dia 8 de agosto de 1980.

* Ponte Arthur Schlosser, no Centro, um pilar cedeu e foi interditada 1º de junho de 2017.

* Ponte José Libério Benvenuti, no Santa Terezinha, caiu no dia 21 de abril. Dois anos após ter sido construída, os pilares dela já haviam cedido.

* Prefeito Antônio Heil, no Guarani, desmoronou na manhã do dia 9 de junho.

Colunistas