nsc

Prefeitura

"Quem defende o Lockdown defende uma crise econômica e social", diz prefeito de Joinville

Prefeito Adriano Silva faz balanço dos primeiros 100 dias no governo e descarta possibilidade de lockdown

13/04/2021 - 14h22 - Atualizada em: 13/05/2021 - 11h30

Compartilhe

Morghana
Por Morghana Santhiago
Adriano Silva fazendo juramento em sua posse para o primeiro mandato como prefeito de Joinville
Cem dias após a posse prefeito de Joinville faz balanço do governo municipal
(Foto: )

Após 100 dias de governo, completados no último sábado (10), o primeiro prefeito eleito pelo partido Novo no Brasil, Adriano Silva, faz um balanço sobre os dias à frente da maior cidade de Santa Catarina. Em entrevista nesta terça-feira (13) ao programa Notícia na Manhã da CBN Joinville, o prefeito falou sobre o início do seu governo e as questões polêmicas como lockdown, tratamento precoce e embelezamento da cidade.

> O que fazer com o prêmio do BBB 21?

Sobre o centro de tratamento precoce de Joinville o prefeito disse que a questão foi politizada e que não cabe à prefeitura decidir. Mesmo sem comprovação científica, a Secretaria Municipal da Saúde oferece esta modalidade - junto ao Centro de Triagem Covid-19, instalado na Associação Atlética Tupy - com o objetivo de atender os joinvilenses que são favoráveis ao tratamento precoce. - Há pessoas a favor e pessoas contra, não cabe ao prefeito decidir, é uma decisão médica - alega o prefeito Adriano Silva.

Quanto ao Lockdown o prefeito deixou claro não ser favorável. - Quem defende o Lockdown defende uma crise econômica e social. [...] O município precisa de recursos e toda vez que há lockdown diminui a arrecadação municipal. > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

O prefeito Adriano Silva comentou ainda que nestes primeiros 100 dias de governo precisou mudar muitas estratégias devido todas as complicações da pandemia, mas que não irá desistir do projeto de embelezamento da cidade. – Eu sinto uma pena, porque as pessoas que criticam esse tipo de ação parecem que não querem ver a sua cidade bonita. [...] Com tantos problemas que estamos vivendo, trazer esse trabalho de embelezamento é trazer um alívio ao joinvilense”, argumenta o prefeito.

Acompanhe a entrevista na íntegra: 

Colunistas