A influencer brasileira Fernanda Santos relatou ter sido vítima de um estupro coletivo cometido por sete homens durante uma viagem acompanhada do marido para a Índia. O crime ocorreu no distrito de Dumka, na última sexta-feira (1º). Todos os suspeitos já foram identificados e três foram presos, segundo a Embaixada do Brasil em Nova Déli. As informações são do g1.

Continua depois da publicidade

Siga as notícias do NSC Total pelo Google Notícias

O casal estava indo de moto até o Nepal, mas decidiu acampar na região de Dumka, de acordo com a apuração da imprensa local. Durante a noite, eles foram atacados pelo grupo de criminosos. As vítimas receberam atendimento médico e denunciaram o crime às autoridades policiais, que identificaram os suspeitos. A polícia está trabalhando para localizar os outros autores.

Quem é a influencer

Fernanda Santos tem um perfil com mais de 177 mil seguidores nas redes sociais, onde compartilha as viagens com seu marido de nacionalidade espanhola, Vicente Barbera. Os dois estão casados há dez anos e já conheceram 66 países viajando de moto.

Nas últimas publicações, o casal mostra que estava viajando pelo continente asiático. Nas redes sociais, após o ocorrido, Fernanda explicou que ela e o marido já viajaram para 66 países e que nunca tiveram problemas como este.

Continua depois da publicidade

A brasileira relatou estar recebendo diversos ataques nas redes sociais após reportar o crime. Ela respondeu às críticas que insinuavam que sua decisão de viajar para um lugar considerado perigoso foi imprudente, dizendo que a violência contra mulheres pode acontecer em qualquer parte do mundo.

“Nós lemos vários comentários absurdos dizendo que nós trouxemos isso para nós mesmos ao virmos para a Índia”, escreveu o casal nas redes sociais.

Em nota, a embaixada brasileira afirmou que “seguirá à disposição para prestar toda a assistência cabível e acompanhar todos os desdobramentos do caso, em estreita coordenação com as autoridades espanholas e indianas”.

*Sob supervisão de Andréa da Luz

Leia também

Homem é encontrado morto com pés e mãos amarados dentro da própria casa em Florianópolis

Vítima que teve cabeça decapitada em Araquari é identificada pela polícia

Rachadura e afastamento de placas tectônicas terão reflexos em SC? Especialista explica

Destaques do NSC Total