nsc
santa

VALE DO ITAJAÍ

Quem era a jovem assassinada pelo próprio pai em Rodeio

Géssica estava com a família quando pai chegou armado e com faca

13/04/2021 - 08h06 - Atualizada em: 14/04/2021 - 10h44

Compartilhe

Bianca
Por Bianca Bertoli
Jovem morreu na noite desta segunda-feira
Jovem morreu na noite desta segunda-feira
(Foto: )

Foi identificada a jovem morta pelo próprio pai em Rodeio, no Vale do Itajaí, na noite desta segunda-feira (12). Géssica Tizon, 21, foi assassinada a facadas durante um ataque que feriu também a mãe dela, os avós e o tio. Depois de cometer os crimes, o homem teria tentado se matar, mas foi preso em flagrante e levado ao hospital.

> Pai é preso suspeito do assassinato da própria filha a facadas em Rodeio

> Receba todas as notícias do Vale do Itajaí no seu WhatsApp. Clique aqui.

O caso mobilizou as autoridades policiais e socorristas da região. Os bombeiros foram acionados logo depois das 18h30min e, chegando ao imóvel da localidade Rio Belo, encontraram as cinco vítimas, Géssica já sem vida. Havia duas crianças com deficiência no local, mas elas não se machucaram.

> Géssica teria ido visitar a mãe após saber da separação dos pais; entenda.

Conforme a Polícia Militar, o homem de 42 anos fez alguns disparos com um rifle calibre 22, mas foi com a faca que feriu os familiares. A ex-companheira de 39 anos, os pais dela, de 56 e 61 anos e o irmão, 34, também foram atingidos.

De acordo com o delegado Ronnie Esteves, no começo da tarde desta segunda a mãe de Géssica procurou a polícia para pedir uma medida protetiva de urgência contra o então marido, de quem queria se separar. A Polícia Militar a acompanhou até a casa, ela recolheu os pertences dela e dos dois filhos mais novos e foi para a residência dos pais, que fica próxima ao local.

Géssica, que morava em Gaspar, mas trabalhava em Timbó, veio ao saber da situação para ver a mãe e os irmãos. Enquanto estava no imóvel dos avós, o pai dela chegou com uma espingarda e uma faca.

Depois de cometer o crime, o autor correu para casa, que fica na vizinhança. Quando a PM entrou, encontrou marcas de sangue. O agressor foi encontrado em uma área de mata atrás da residência, caído em um córrego com cortes no pulso, pés e barriga.

Ele foi levado ao hospital assim como as vítimas.

Colunistas