Renata Vasconcellos comoveu o público na noite desta terça-feira (25) ao terminar o Jornal Nacional chorando após a notícia da morte da jornalista Susana Naspolini, aos 49 anos.

Continua depois da publicidade

Receba notícias do DC via Telegram

— Até amanhã — disse William Bonner, também emocionado, após a exibição do vídeo com vários momentos da repórter da Globo no Rio de Janeiro. Renata não conseguiu se despedir e foi possível ouvir o choro.

A cena foi muito comentada nas redes sociais e fãs da jornalista contaram que também choraram.

Susana Naspolini era catarinense, natural de Criciúma, e morreu após longa batalha contra o câncer. A notícia foi confirmada nas redes sociais por Julia, 16, sua única filha com o jornalista esportivo Maurício Torres, morto em 2014, aos 43 anos.

Continua depois da publicidade

— Pense em alguém que tinha sintonia total com a gente do Rio. Imagine uma pessoa sinceramente preocupada com os problemas daqueles que mais precisam do poder público. Fale de uma pessoa que fazia tudo isso com humor e carinho. Essa era a Susana Naspolini — disse o prefeito Eduardo Paes (PSD), nas redes sociais. Paes disse que vai sentir saudade das cobranças da jornalista.

Susana Naspolini, jornalista catarinense, morre aos 49 anos vítima do câncer

No quadro RJ Móvel, exibido no jornal RJTV, Susana mostrava os problemas da cidade com bom humor, interação com a população e cobranças direcionadas às autoridades.

Outros jornalistas e artistas, como a apresentadora Fátima Bernardes, também lamentaram a morte da jornalista.

— Sinta-se abraçada. Sua mãe foi uma grande mulher. Estamos todos mais tristes hoje — disse Fátima em recado para a filha de Susana.

Continua depois da publicidade

— Que o orun receba em festa a Susana, essa mulher incrível, profissional da melhor qualidade, guerreira incansável — desejou a jornalista Flávia Oliveira.

A atriz Beth Goulart disse que a repórter só ensinou coisas boas. Para o carnavalesco Milton Cunha, Susana é inesquecível.

O diretor Boninho contou que torceu pela recuperação e a apresentadora Angélica desejou conforto à filha da jornalista.

— Sua mamãe é e sempre será luz — disse Sabrina Sato. 

— Missão cumprida. Lindamente cumprida — afirmou o jornalista André Trigueiro.

Susana fazia tratamento há dois anos contra um câncer na bacia, com metástase. Ela já havia tido outros tumores, em diferentes órgãos, desde os 18 anos.

Continua depois da publicidade

A jornalista estava internada há uma semana no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Na sexta-feira (21), a filha Júlia pediu orações ao receber dos médicos a notícia de que o estado da mãe era gravíssimo.

Veja o vídeo do momento em que Renata Vasconcellos chora

Leia também

Célula nazista em SC pode ter conexões no Brasil e no exterior, diz polícia

Curta de SC é eleito melhor filme na 21ª Mostra de Cinema Infantil; veja vencedores

Balneário Camboriú recebe turnê que celebra 25 anos do Jota Quest

Destaques do NSC Total