No mês do Meio Ambiente, lembrado em junho, o NSC Total veicula a reportagem especial multimídia “SC e os extremos do clima: onde tudo acontece” (confira abaixo). O conteúdo aborda os diferentes fenômenos climáticos que atingem o Estado e explica didaticamente sobre como e por que eles ocorrem.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de SC por WhatsApp

Do calor de 44°C ao frio intenso de -10°C. Dos tornados aos furacões e ciclones. Da estiagem que causa prejuízos bilionários às chuvas intensas que provocam mortes e destruição nas cidades catarinense. Afinal de contas, por que tantos eventos extremos acontecem aqui?

A série de reportagens no NSC Total se inicia nesta segunda-feira (5), com a primeira matéria que aborda as enxurradas. Fenômeno com mais incidência e o que mais causa impacto humano, as chuvas fortes e de curta duração se tornaram um dos maiores desafios aos municípios catarinenses.

Acesse a página especial e confira o especial SC e os extremos do clima

Continua depois da publicidade

A reportagem traz a história de Talissa de Oliveira, mulher que perdeu o marido e os dois filhos durante uma enxurrada em Rodeio, no Médio Vale do Itajaí. A chuva causou destruição na pequena cidade e fez o pedaço de um morro desaparecer por completo. Ao todo, segundo o governo do Estado, 6,2 milhões de catarinenses foram afetados por enxurradas entre 1991 e 2023.

Ao todo, serão cinco reportagens que trarão. A SC das enchentes (5/6) marca a estreia do especial, seguida pela SC das enchentes, SC da estiagem, SC dos vendavais e SC das temperaturas extremas. O conteúdo tem reportagem e apuração de Bianca Bertoli, edição de Augusto Ittner, design de Ciliane Pereira e pesquisa e infografia de Ben Ami Scopinho.

Leia também: Enxurradas causam mortes e prejuízos em SC e se tornam maior desafio às cidades

Destaques do NSC Total