nsc
nsc

Culinária açoriana

Aproveite a culinária e a cultura açoriana com desconto do Clube NSC

Rancho Açoriano é reconhecido por oferecer um cardápio repleto de pratos à base de frutos do mar e espaços ao ar livre para toda família

23/01/2021 - 08h00 - Atualizada em: 25/01/2021 - 08h22

Compartilhe

Iuri
Por Iuri Barcellos
Canoa em frente a baía do Ribeirão da Ilha
Sócio do Clube NSC conta com 15% de desconto sobre o valor de consumo no local, take way e delivery
(Foto: )

Durante as altas temperaturas, as refeições leves à base de frutos do mar são as preferidas entre os consumidores. Parte deste consumo se dá pelo turismo em áreas litorâneas, onde se concentram diversos restaurantes especializados neste tipo de cozinha, como também os benefícios à saúde e a versatilidade que os pratos proporcionam. O litoral catarinense é um expoente no que diz respeito à culinária com frutos do mar, visto que a cultura açoriana, que é uma das principais do estado, tem grande parte da alimentação baseada em insumos provenientes do mar.

Em Florianópolis, desde 1997, o Rancho Açoriano é um dos restaurantes mais conhecidos por servir diversos pratos à base de peixes, camarões, ostras, berbigões entre outras opções. O estabelecimento iniciou os trabalhos no Ribeirão da Ilha, bairro tradicional de Florianópolis, e hoje em dia conta com uma unidade em Coqueiros, bairro da região continental da cidade. Além dos pratos à base de frutos do mar, com receitas tipicamente açorianas e um toque manezinho, o Rancho Açoriano também relembra a cultura regional através dos objetos expostos e da decoração no local.

Camarões com pimenta biquinho vermelha
Os pratos são temperados com itens típicos da nossa região, como cebola, alho e limão
(Foto: )

No Clube NSC sócio tem desconto especial nas unidades do Rancho Açoriano, seja para consumo no local, take away e delivery. Desconto de 15% para sócio so-bre o valor do consumo. Se você não é sócio e também quer aproveitar todos os benefícios, assine o NSC Total, a maior plataforma de conteúdo de Santa Catarina. Clique aqui e assine!

Para contar um pouco sobre os benefícios de se alimentar de frutos do mar, os principais pratos servidos e como está o atendimento ao público, convidados Luana Dias Gonçalves Neves, nutricionista e uma das responsáveis pela administração do Rancho Açoriano, em Florianópolis. Confira a conversa a seguir:

Prato com peixes, camarões e batatas do Restaurante Rancho Açoriano Florianópolis de frente para o mar
O Rancho Açoriano começou a atender ao público em 1997, no bairro Ribeirão da Ilha, em Florianópolis
(Foto: )

Atualmente quais são os principais pratos do Rancho Açoriano?

O Rancho Açoriano é especializado em frutos do mar e por estarmos em uma região de colonização açoriana, principalmente no Ribeirão da Ilha, utilizamos bastante insumos tradicionais da região. Trabalhamos com berbigão, que é bem tradicional, a ostra, que além de ser nosso prato mais procurado é cultivado por nós, ou comprado em maricultores locais. Outros pratos como camarões e peixes também são oferecidos em nosso restaurante, além do bacalhau que, apesar de não ser típico da região, é de Portugal. No ano retrasado fomos convidados pela associação de restaurantes que representam a gastronomia portuguesa e recebemos um prêmio em São Paulo.

Nossos pratos são temperados com itens típicos da nossa região, como cebola, alho e limão. Mas, por exemplo, servimos moqueca que não é uma refeição tradicional portuguesa, adaptamos para o lado açoriano com frutos do mar da região, como garoupa, camarão e marisco.

Os pratos à base de frutos do mar são recomendados para quem está de dieta?

Hoje em dia todos procuram alimentação mais saudável e mantê-la à base de pescados e grelhados é essencial. Temos muita procura por conta dessa alimentação, temos clientes que pelo menos três vezes na semana almoçam no Rancho Açoriano para comer salada com peixe. Por exemplo, o linguado é um peixe bem magro e saudável, já o salmão que não é tão magro, é repleto de gordura saudável como o Omega. A ostra tem muito zinco que fortalece o sistema imunológico.

Ostras recheadas em cima da mesa
A ostra é o carro chefe do restaurante, elas são cultivadas pela equipe do restaurante e por maricultores regionais
(Foto: )

O Rancho Açoriano existe há 23 anos. Durante as duas décadas, como vocês conseguem manter pratos e traços culturais da ilha presentes?

Sobre os pratos típicos temos o pirão que é bem tradicional manezinho e vem como acompanhamento dos pratos principais. O Pirão d’Água, por exemplo, é um prato da Ilha com água e farinha, mas não temos no cardápio, apenas se o cliente pedir que servimos. É bem açoriano, bem manezinho. Os clientes mais regionais são os que mais pedem.

O restaurante começou a funcionar em 1997, era o rancho onde meu pai guardava a canoa e até hoje mantemos as características. Fizemos algumas reformas, mantivemos as fachadas com as características açorianas deixando o traço no restaurante. No Rancho Açoriano do Ribeirão da Ilha, por ser um bairro mais histórico, os clientes não querem apenas sair para comer, querem uma experiência completa e buscam saber, além da história do restaurante, sobre a história da colonização açoriana e sobre a culinária.

O Rancho Açoriano cresceu, mas ainda é bem família. Meu irmão é quem trabalha direto na cozinha, procuramos manter colaboradores inseridos na cultura ilhéu na nossa equipe. Acredito que isso agrega bastante no restaurante.

Como está o atendimento em em meio à pandemia?

Estamos com atendimento máximo de oito pessoas por mesa. Se o cliente chegar em grupo maior as mesas serão divididas. Também temos álcool disponível nas mesas e em diversos pontos do restaurante. Antes trabalhávamos com jogo americano de tecido e agora estamos utilizando descartável, as mesas são montadas no momento em que o cliente chega ao restaurante.

Após o lockdown, o retorno foi bem devagar. Mas de maio em diante foi melhorando, claro que não estamos atendendo a quantidade que conseguimos porque não pode, mas estamos conseguindo manter o restaurante bem. Os clientes se sentem seguros, estamos sendo cuidadosos.

Colunistas