nsc

publicidade

Segunda Divisão de SC

Reviravolta na Série B: TJD manda remarcar jogos do Blumenau EC

Seis últimas partidas haviam sido canceladas por uma resolução da presidência da Federação Catarinense de Futebol 

10/09/2019 - 10h53 - Atualizada em: 10/09/2019 - 16h10

Compartilhe

Augusto
Por Augusto Ittner
(Foto: )

Uma decisão do Tribunal de Justiça Desportiva de Santa Catarina (TJD-SC) pode causar uma reviravolta na Série B do Campeonato Catarinense. Por por 5 a 3, os auditores reconheceram na noite desta segunda-feira (9) o mandado de garantia do Blumenau Esporte Clube contra a exclusão da equipe da competição.

Como consequência, o TJD-SC também anulou a resolução da Federação Catarinense de Futebol (FCF) que tirou o Tricolor das disputas e mandou a entidade remarcar todas as seis partidas que foram canceladas. Vale lembrar que a Série B terminou em 25 de agosto, com o título conquistado pelo Almirante Barroso sobre o Concórdia.

O Blumenau havia ingressado com três mandados de garantia. Um referente à exclusão e outros ligados aos WOs sofridos, contra o Fluminense de Joinville e contra o Concórdia. No primeiro, foi assegurada a permanência do Tricolor de participar da sequência do campeonato. A determinação é de que a FCF altere a tabela, compute os pontos e confirme datas para que os jogos ocorram.

Já quanto aos WOs – motivados pelo fato de o Estádio Gigante do Vale, em Indaial, não ter laudos válidos dos órgãos responsáveis – o entendimento é de que os placares de 3 a 0 contrários ao clube blumenauense devem se manter. Quanto a essas duas outras questões, o Departamento Jurídico do Blumenau já disse que irá recorrer ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para reverter.

– Só poderia haver exclusão da Série B depois que os processos de WO condenassem o clube e tivessem o trânsito em julgado. A FCF não poderia excluir o Blumenau da competição sem que essas questões dos WOs fossem julgadas. Ou você acha que a CBF teria excluído o Figueirense se tivesse havido um segundo WO? – questiona o advogado Jonas Philipe Cani, representante do Jurídico do Tricolor.

O presidente do Blumenau, Carlos Henrique Carneiro da Silva, o Zidane, comemora a decisão do Pleno do TJD-SC e mostra otimismo quanto a uma possível decisão favorável ao clube no STJD.

– Vamos reverter. Ou no STJD, ou na justiça comum. Rebaixados não seremos – diz Zidane.

Contraponto

A Federação Catarinense de Futebol (FCF) confirmou à reportagem que irá recorrer da decisão do TJD-SC ao STJD e disse acreditar ser vitoriosa ao fim do processo. O procurador jurídico Rodrigo Capella alega que a federação aplicou aquilo que foi previsto no regulamento aprovado pelos clubes em Conselho Técnico no que diz respeito aos WOs.

Deixe seu comentário:

publicidade