nsc
    an

    Verão

    Rios de Joinville são alternativa para se refrescar mas é preciso cuidado com afogamentos

    Líder do grupo de busca e salvamento aquático do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville dá dicas para curtir as águas geladas da região com segurança

    04/02/2021 - 17h04

    Compartilhe

    Jean
    Por Jean Patrick
    Pessoas tomando banho de rio
    Rio Piraí é um dos mais procurados pelo banhistas em dias de calor
    (Foto: )

    Joinville chegou à sensação térmica de 61°C nesta quinta-feira (4). Com esse calor todo, passeios e banhos em rios e lagoas estão entre as alternativas para se refrescar em Joinville e região. Apesar de toda refrescância e bem estar quem um banho gelado por trazer, é preciso tomar alguns cuidados para que a diversão não se transforme em tragédia.

    > Quer receber notícias de Joinville e Norte de SC por WhatsApp? Clique aqui

    Segundo dados do Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville, desde o início do ano foram três afogamentos em rios da região e um deles resultou em morte. Os números crescem a cada ano, é o que afirma o bombeiro voluntário e líder do grupo de busca e salvamento aquático do CBVJ, Leandro Dresch, que falou à CBN Joinville na manhã desta quinta-feira(4) Segundo ele, o principal motivo dos afogamentos é confiança e o não conhecimento do local.

    - É preocupante porque todo verão as famílias procuram os rios e os afogamentos acontecem porque há muita autoconfiança e as pessoas vão aos rios sozinhas sem conhecer o local – disse.

    O bombeiro lembra que em situações de afogamento, não é recomendável que as pessoas ajudem indo na água para fazer o salvamento de outra pessoa. Isso pode resultar em dois afogamentos e o melhor a se fazer é pedir ajuda.

    Sobre a alimentação, comum na beira do rio, o especialista explica que quando alguém exagera faz um esforço na água, pode haver uma indigestão. Ou seja, a energia do corpo que está fazendo a digestão dos alimentos, pode ficar prejudica e a força necessária para fazer um esforço maior em caso de possível afogamento, diminui.

    Um dos perigos dos rios de Joinville é a presença de animais peçonhentos. Principalmente as cobras são muito comuns. Leandro destaca que os locais dos rios são em meio à natureza e esses animais são comuns. Segundo ele. Quando houver uma picada deve-se chamar socorro de uma ambulância e não fazer nada que deixe a situação mais complexa, como tentar bater no animal.

    Outro motivo comum de afogamentos são as cabeças d’água. Elas são as elevações dos rios por causa da água das chuvas no topo das montanhas. Segundo Leandro, em casos assim é preciso prestar atenção.

    - Quem vai tomar banho de rio próximo a montanhas, deve olhar o tempo. Se estiver com muitas nuvens escuras, pode ser que já esteja chovendo e aumentando o volume dos rios pelos caminhos dentro da mata – disse.

    Ouça a entrevista completa:

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Cotidiano

    Colunistas