nsc
an

Portal

Saavedra: À espera de seguro, Águia de Joinville fica sem voar

Helicóptero da Polícia Militar já está parado há uma semana

22/08/2017 - 03h30 - Atualizada em: 22/08/2017 - 16h58

Compartilhe

Por Redação NSC

O atraso na renovação do seguro do aparelho está deixando o helicóptero Águia sem operar em Joinville desde o início da semana passada. Como o processo de contratação da cobertura foi aberto em caráter emergencial, a expectativa é de que o aparelho da 2ª Companhia de Aviação lotado na cidade volte a voar em até uma semana.

Nesse intervalo, já houve ocorrências na cidade atendidas por helicóptero da PM sediado em Florianópolis. O aparelho hoje ¿baixado¿ em Joinville já esteve fora de operação em outros momentos, mas nos intervalos previstos pela manutenção periódica, com paradas entre quatro e seis dias.

O Águia de Joinville está em pacote de seguros com outra aeronave do Estado, com custo estimado em R$ 300 mil. Acionado sobre o caso em Joinville, Kennedy Nunes (PSD) ficou surpreso com o atraso na renovação do seguro do helicóptero Águia. ¿Não houve falta de dinheiro e sim demora na abertura do processo sobre o seguro¿. O deputado acionou os secretários da Segurança Pública e da Fazenda e ontem foi informado sobre a liberação do repasse.

Confira outras colunas de Jefferson Saavedra

Jaraguá do Sul deve sediar nova região da Polícia Militar

Colunistas