nsc
    hora_de_sc

    Carnaval 2020

    Saiba qual a melhor forma para aplicar e retirar o glitter do corpo e rosto

    Dermatologista sugere testar em uma pequena parte da pele para não ter problema com alergias

    20/02/2020 - 07h10 - Atualizada em: 20/02/2020 - 07h38

    Compartilhe

    Por Janaína Laurindo
    (Foto: )

    O Carnaval exige muito brilho e o uso do glitter merece muita atenção. Se a sua produção vai ter glitter aplicado no corpo e rosto é importante ficar atento para alguns detalhes que podem evitar dor de cabeça durante a folia. Alguns produtos podem desencadear dermatites, facilmente evitadas com pequenos cuidados.

    Dias antes da festa faça um teste em um pequeno pedaço da pele para ter certeza de que não tem alergia ao produto escolhido; use o glitter com muita cautela na região dos olhos e nariz; e evite aplicá-lo em áreas irritadas ou sobre feridas.

    Na hora de aplicar na região dos olhos, mantenha-os bem fechados e espere alguns minutos para abrir. Se mesmo assim cair algum pozinho, por ser áspero pode arranhar a córnea.

    — O ideal é não coçar e lavar imediatamente com água corrente e soro fisiológico. Se ainda assim, permanecerem irritados, procure atendimento médico — afirma oftalmologista André Borba.

    Para retirar o glitter da pele, o folião pode usar água micelar, óleo corporal ou um demaquilante bifásico. Aplique com um chumaço de algodão em movimentos leves e circulares. Não esfregue para não irritar ou causar alguma lesão à pele.

    — Não esqueça que compartilhar o glitter ou qualquer outro tipo de maquiagem eleva o risco de contaminação e pode causar conjuntivite e herpes — alerta a dermatologista Simone Neri.

    Outro ponto importante é a validade dos produtos. O folião deve estar atento ao prazo de validade porque, neste caso, pode acontecer uma contaminação por fungos.

    O uso do glitter biodegradável pode ser considerado como uma ação positiva para curtir a folia de forma consciente. Várias marcas já estão produzindo a purpurina vegana com celulose de eucalipto misturada a manteigas, óleos e ceras vegetais. O glitter biodegradável também pode ser produzido em casa, mas seguindo as mesmas orientações com validade e produtos utilizados.

    Agende-se: confira os dias de folia do Carnaval 2020 em SC

    Deixe seu comentário:

    Últimas notícias

    Loading... Todas de Entretenimento

    Colunistas